Os atletas brasileiros andam se destacando nas mais diversas modalidades. Nesta sexta-feira (31), quem fez história foi Bárbara Domingos, responsável por colocar o País pela primeira vez em uma final individual de etapa da Copa do Mundo de Ginástica Artística.

Com a oitava colocação, a atleta de Curitiba vai à decisão na competição do arco na etapa de Sófia, na Bulgária. Ela alcançou a nota 30.700. Ainda nesta sexta, Bárbara Domingos disputou também na bola, mas acabou somente em 21.ª, com 28.350. Neste sábado (1.º) ela compete na fita e nas maças.

Buscando figurar entre as melhores, Bárbara Domingos se superou na Bulgária, já que voltou às competições somente em agosto após passar por cirurgia no quadril. Levá-la às decisões já era um plano da brasileira, mas a meta acabou estabelecida antes do previsto.

“Nosso primeiro objetivo era ela estar bem fisicamente, depois de cirurgia, reabilitação e retorno às quadras no segundo semestre de 2022. Com o primeiro objetivo alcançado, partimos para as novas coreografias, preparação física e treinos intensos”, disse Márcia Naves, treinadora de Bárbara Domingos.

Bárbara Domingos treina na Bulgária desde o dia 20

A atleta treina na capital búlgara desde o dia 20 e já estava ambientada para a prova. “Isso certamente fez muita diferença para a Babi alcançar esse progresso”.

Márcia Naves celebrou o resultado e não escondeu a emoção. “Tínhamos isso como objetivo futuro, mas aconteceu logo na primeira participação da Babi neste ano, o que foi uma grata surpresa. Ela estava muito tranquila nessa apresentação do arco e conseguiu mostrar a coreografia. Agora temos muito trabalho pela frente para que ela possa melhorar ainda mais”.

Na competição de conjuntos, o Brasil conseguiu se classificar entre os finalistas na série de cinco arcos, com a sétima posição e tentará repetir a medalha conquistada na etapa anterior, na Grécia, quando subiu ao pódio com o bronze. Neste sábado, o conjunto brasileiro busca classificação na série mista.