conquistou um feito histórico no Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu Desportivo de 2023. A competição, realizada no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, rendeu 177 medalhas aos atletas do Estado, sendo 76 de ouro, 54 de prata e 47 de bronze.

Sob a coordenação da FSMJJ (Federação Sul-Mato-Grossense de Jiu-Jitsu), a delegação estadual retornou a Mato Grosso do Sul com uma coleção de medalhas e troféus, incluindo o troféu geral nas classes adulto, juvenil e máster, além do título no estilo no-gi (lutas sem quimono).

Na estante de troféus ainda teve espaço para o vice-campeonato nas categorias mirim ao infanto, que contaram com a participação de jovens com idades entre seis e 15 anos.

Campeonato de Jiu-Jitsu
Atletas de MS no Campeonato de Jiu-Jitsu

No total, Mato Grosso do Sul teve 150 atletas no Mundial. Segundo a (Fundação de Desporto e Lazer), 110 atletas representaram o estado nas classes juvenil, adulto e máster, enquanto 40 competidores se destacaram nas categorias mirim ao infanto, nas faixas azul, roxa, marrom e preta.

Na terceira edição do Desafio Superlutas, a de Mato Grosso do Sul enfrentou a equipe do Rio de Janeiro e quase conquistou mais um troféu. No final, o placar ficou em 3 a 2 a favor da equipe da casa.

Apesar da derrota, o presidente da FSMJJ, Fábio Rocha, destaca que o resultado foi extremamente satisfatório. “As lutas foram muito disputadas, e fomos derrotados apenas no desempate. Mas, nas categorias em que competimos, demos um verdadeiro espetáculo. Superou nossas expectativas.”

Saiba Mais