Na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Novorizontino escapou do rebaixamento. O time paulista fez sua parte ao vencer o já rebaixado por 3 a 0 neste domingo à tarde no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR) e contou com a ajuda do , que venceu o por 3 a 2 no Mineirão para escapar da degola.

Rebaixado no no primeiro semestre, o Novorizontino terminou a Série B na 16ª posição, uma acima da zona de rebaixamento, enquanto o CSA ficou com 42 pontos, na 17ª posição, e acabou indo para a Série C, ao lado do próprio Operário, Brusque e Náutico.

O Operário terminou a competição na vice-lanterna, com apenas 34 pontos – em 38 jogos foram apenas sete vitórias, 13 empates e 18 derrotas. Na última semana, o time paranaense apresentou Rafael Guanaes como novo técnico para a próxima temporada e já começa a pensar em 2023.

O jogo começou movimentado. O Novorizontino se lançou ao ataque desde o começo, mas dava espaço ao Operário. A primeira boa chance saiu aos onze minutos, quando Danielzinho chegou pela esquerda e chutou forte, desviou em Dirceu e passou perto do gol de Operário.

Aos 19 minutos, o time paulista abriu o marcador. Danielzinho cobrou o escanteio pela esquerda e Jhony Douglas desviou na pequena área. O time paulista teve mais uma chance de aumentar o placar aos 34 minutos, quando após tentar de cabeça, Diego Torres insistiu e bateu da pequena área para a boa defesa de Guilherme Christino.

No final, o Novorizontino ampliou. Aos 45 minutos, Douglas Baggio foi derrubado por Gustavo Alcino e o árbitro assinalou pênalti. Ronaldo cobrou um minuto depois no canto esquerdo do goleiro com categoria e fez o segundo do time paulista.

O jogo esfriou no segundo tempo. O Novorizontino passou a controlar o placar, enquanto o Operário mostrou pouca força e qualidade técnica para reagir.

O Novorizontino marcou o terceiro aos 20 minutos. Diego Torres cobrou escanteio pelo lado direito e Paulinho desviou de cabeça na primeira trave para marcar. Com todas suas limitações, o Operário chegou ao ataque aos 25 minutos com Felipe Saraiva de falta, mas o goleiro do Novorizontino fez a defesa.

No final, o time paulista controlou o jogo e seus jogadores ainda se reuniram nomeio do gramado para ver, pelo celular, os últimos momentos da vitória do Cruzeiro no Mineirão. Daí sim, os paulistas festejaram aliviados.