Com dedo de Felipão, Athletico-PR empata com Libertad e avança na Libertadores

No jogo de ida, o Athletico-PR havia vencido por 1 a 0
| 05/07/2022
- 22:57
athletico paranaense
Imagem ilustrativa - (Foto: Divulgação/Athletico-PR)

Com dedo do técnico Felipão, o Athletico-PR confirmou a classificação para as quartas de final da Copa ao empatar por 1 a 1 com o Libertad, na noite desta terça-feira, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. No jogo de ida, o time paranaense havia vencido por 1 a 0.

Em grande fase no comando da equipe de Curitiba, Felipão vinha de vitória sobre o líder do Brasileirão, o Palmeiras, no fim de semana. Nesta terça, fez uma mudança arriscada contra o Libertad, tirando Vitor Roque e colocando Rômulo, que acabou marcando o gol da classificação.

Do outro lado, destaque para Roque Santa Cruz. Com 40 anos, o atacante se tornou o jogador mais velho a marcar em uma fase de mata-mata da Libertadores.

Agora, o Athletico aguarda o vencedor de e Estudiantes, que sairá nesta quinta-feira. No jogo de ida, ficaram no empate por 1 a 1, na capital cearense.

Com o apoio de sua torcida, o Libertad partiu para cima do Athletico e não demorou para colocar Bento para trabalhar. O goleiro fez grande defesa no arremate de Caballero. Mas o time paranaense respondeu com Erick. Ele recebeu de Vitor Roque e arriscou. Martín Silva pegou.

O Libertad empurrou o Athletico para a defesa. O time de Felipão começou a jogar com o regulamento debaixo do braço, mas acabou sendo castigado por causa disso. Aos 48 minutos, Roque Santa Cruz fez fila na defesa adversária, saiu de frente para Bento e chutou cruzado para abrir o marcador.

No segundo tempo, o Libertad continuou superior e só não ampliou, pois Bento parou a tentativa de Roque Santa Cruz. Sem encontrar espaço, o Athletico conseguiu ameaçar apenas aos 23 minutos, quando Vitor Roque partiu em velocidade e soltou o pé. Martín Silva pegou.

Felipão surpreendeu quando tirou Vitor Roque. O atacante, principal destaque do Athletico na temporada, vinha sendo o jogador mais lúcido da equipe brasileira. Mas a estrela estava do lado do treinador. Rômulo, que entrou na vaga de Vitor Roque, recebeu dentro da área e cabeceou. Martín Silva pegou, mas, na sobra, o camisa 35 empatou.

O gol pegou o Libertad de surpresa. O time paraguaio ainda tentou um abafa no fim, mas o Athletico se fechou, no melhor estilo Felipão, para confirmar a classificação.

Veja também

A paulistana Bia Haddad teve uma segunda-feira (8) especial desde as primeiras horas. Além de...

Últimas notícias