Barcelona faz 4 no Atlético de Madrid em jogo com gol, assistência e expulsão de Daniel Alves

Braça sofreu primeiro gol aos sete minutos de partida
| 06/02/2022
- 20:41
Imagem ilustrativa
Foto: Divulgação

Partida conturbada entre o Barcelona e o terminou em 4 a 2 para o 'Barça', no Camp Nou, na Espanha, pela 23ª rodada do Campeonato Espanhol, neste domingo (6). 

A equipe comandada por Xavi sofreu um gol aos sete minutos, mas conseguiu a virada sobre o . Tudo isso com uma boa dose de sofrimento, pois teve que jogar a reta final com um jogador a menos após a expulsão de Daniel Alves, até então um dos destaques do dia, com um gol e uma assistência.

O jogo se tratava de um confronto direto. Por isso, com a vitória, a equipe barcelonista entrou no G-4, com 38 pontos, e derrubou Diego Simeone e seus comandados para a quinta colocação, com 36. Além da queda na tabela, o treinador segue amargando o tabu de nunca ter vencido no Camp Nou.

A partida foi quente desde os primeiros instantes, não à toa Carrasco abriu o placar para o Atlético logo aos sete minutos, após receber de Suárez e colocar no canto direito de Ter Stegen. Dois minutos depois, um golaço deixou tudo igual novamente. No lance, Daniel Alves acertou um lindo cruzamento para Alba, que mandou de voleio e acertou o ângulo esquerdo de Oblak.

Com o empate no placar, o cenário se estabilizou com a bola por mais tempo nos pés do Barça, enquanto o Atlético tentava apertar a marcação em busca de uma transição rápida. Então, aos 20 minutos, Gavi subiu livre na área e arrematou de cabeça, completando cruzamento do estreante Adama Traoré, para fazer o gol da virada.

Em vantagem, o Barcelona continuou com uma proposta de jogo ofensiva, que rendeu boas oportunidades, mas também deu espaço para o Atlético em alguns momentos. De qualquer forma, o saldo foi positivo, pois Ronald Araújo ampliou aos 42 minutos, aproveitando o bate e rebate na área, após cobrança de falta de Daniel Alves.

O lateral brasileiro assumiu o protagonismo de vez no segundo tempo, tanto positiva como negativamente. Com apenas três minutos de bola rolando, soltou uma bomba e marcou o quarto gol barcelonista. A situação ficou desconfortável nos minutos seguintes, já que Suárez aplicou a "lei do ex" e diminuiu para os atleticanos, aos 12, pouco tempo antes de Dani Alves ser expulso, aos 23, por um pisão em Carrasco. Entre o gol e expulsão, aos 15, Xavi promoveu a estreia de Aubameyang, que entrou no lugar de Adama, o outro estreante.

A inferioridade numérica obrigou o Barcelona a mudar de estratégia, em meio a uma disputa bastante emocional, com alguns jogadores muito nervosos, assim como os técnicos. Xavi, inclusive, chegou a receber um cartão amarelo. O jogo ainda teve uma invasão de campo nos minutos finais antes de o apito final decretar a vitória dos donos da casa.

*Com informações da Agência Estado. 

Veja também

Tricolor aparentou cansaço e teve dificuldades no primeiro tempo

Últimas notícias