Esportes

Organização da Olimpíada revela mais dois casos de covid-19 entre atletas

Os atletas são a skatista holandesa Candy Jacobs e o mesa-tenista checo Pavel Sirucek

Estadão Conteúdo Publicado em 22/07/2021, às 07h49

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Reprodução)
A organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio confirmou nesta quinta-feira mais quatro casos de covid-19 entre pessoas que estão hospedadas na Vila Olímpica, na capital japonesa. Duas delas são atletas: a skatista holandesa Candy Jacobs e o mesa-tenista checo Pavel Sirucek.

Os dois esportistas e outras duas pessoas não identificadas, que a organização chama de "integrantes da equipe dos Jogos" (podem ser treinadores ou dirigentes), vão deixar a Vila Olímpica para fazer quarentena num hotel, após testarem positivo para o novo coronavírus.

Candy Jacobs era considerada candidata à medalha na modalidade street. Ela mesma já havia anunciado seu teste positivo nas redes sociais, horas antes de o Comitê Organizador dos Jogos oficializar o seu caso.

"Estou com o coração partido. Infelizmente fui testada positivo para covid-19 esta manhã, o que significa que minha jornada olímpica termina aqui. Estou me sentindo saudável e fiz tudo ao meu alcance para evitar esse cenário e tomei todos os cuidados. Felizmente, temos seguido os protocolos para que meus colegas skatistas ainda possam brilhar", declarou Jacobs, de 31 anos.

Com estes quatro novos casos, a conta de testes positivos para a covid-19 em pessoas ligadas à Olimpíada chega a 91. Estes números começaram a ser contabilizados no dia 1º de julho e não incluem casos de atletas que apresentaram resultado positivo para a nova doença antes de chegarem a Tóquio.

Jornal Midiamax