Esportes

Michael se lesiona e Flamengo viaja ao Chile com 5 baixas

O clube carioca terá cinco desfalques para a partida contra o La Calera, na Libertadores

Estadão Conteúdo Publicado em 09/05/2021, às 15h48

(Reprodução, Twitter)
(Reprodução, Twitter)

Ganhar do La Calera, no Chile, significa a classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores ao Flamengo. Mas o clube carioca terá cinco desfalques para a partida. Michael sentiu um desconforto na panturrilha esquerda e não foi relacionado por Rogério Ceni. O treinador rubro-negro já não tinha Rodrigo Caio, Diego Alves, Gerson e Renê.

Com maratona de jogos, Ceni vem poupando alguns titulares e Michael, destaque no Carioca com seis assistência e dois gols, tinha possibilidade de ser aproveitado contra o frágil time chileno. Porém, acabou se confundindo na semifinal do Estadual diante do Volta Redonda, no sábado, e cortado do grupo que viajou nesta tarde para o Chile.

Com fibrose muscular sentida na última partida da Libertadores, diante da LDU, o goleiro Diego Alves segue em tratamento para voltar o mais breve possível. Vale lembrar que seu reserva imediato é César, também contundido já faz algum tempo. Hugo Souza, que entrou no intervalo contra os equatorianos, será o titular no Chile.

Diante do Volta Redonda, Ceni poupou João Gomes já ciente que Gerson não iria para o Chile. O jovem volante será o substituto, ao lado de Diego Ribas. Em breve, o treinador pode ganhar um reforço de peso para a posição.

Thiago Maia está recuperado de cirurgia no joelho e trabalhou normalmente neste domingo antes do embarque ao Chile. Num trabalho de posicionamento, o volante atuou como curinga, sendo utilizado como pivô nas duas equipes utilizadas no campo, ora para atacar, ora para defender.

O clube trabalha forte para contar com o jogador no início do Brasileirão e na reta final da Libertadores. Assim como o zagueiro Rodrigo Caio, já em transição e quase pronto para retornar.

Jornal Midiamax