Esportes

Em partida morna, Sport e Ceará empatam sem gols na Ilha do Retiro

O resultado foi o suficiente para tirar o Sport da zona de rebaixamento

Estadão Conteúdo Publicado em 25/07/2021, às 22h07

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Divulgação/Ceará)

Sport e Ceará fizeram um jogo protocolar neste domingo à noite, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com pouca organização ofensiva, futebol aquém do esperado e nenhuma qualidade nas finalizações, o resultado de 0 a 0 foi o resumo da partida na Ilha do Retiro, no Recife.

Apesar do resultado não ter sido o dos sonhos do time pernambucano, foi o suficiente para tirar o Sport da zona de rebaixamento e colocar o São Paulo na zona de rebaixamento. O Sport tem agora onze pontos, na 16ª posição. O Ceará está em sétimo, com 19 pontos, perto da zona de classificação para a Copa Libertadores. O time cearense completou neste domingo nove jogos invicto no Brasileirão.

Pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Sport encara o Bahia, no domingo (dia 1º), fora de casa. O Ceará faz o clássico, no mesmo dia, contra o Fortaleza.

O primeiro tempo foi de poucas chances criadas e de pouca inspiração na criação das duas equipes. O Ceará tomou a iniciativa de jogo e, marcando pressão, não deixava o Sport sair do seu campo defensivo.O time cearense tinha mais posse de bola, mas chegava pouco ao gol de Mailson.

A primeira boa oportunidade aconteceu aos 22 minutos, quando Rick passou por Hayner e bateu, com a bola passando perto.O Sport foi criar algo no primeiro tempo somente aos 32 minutos. Hayner cruzou pela direita, Mikael subiu sozinho e quase fez de cabeça. No final do primeiro tempo o Ceará criou duas chances, a melhor delas com Rick, mas não soube aproveitar.

O segundo tempo começou atrasado, por causa de problemas nos equipamentos de comunicação da arbitragem. Eles estavam ouvindo, mas não conseguiam falar com os responsáveis pelo VAR.No segundo tempo, Sport e Ceará, embora tenham buscado o ataque, pouco produziram. De forma pouca objetiva, as duas equipes esbarraram na falta de inspiração de seus meias e atacantes.

Com a entrada de Paulinho Moccelin no lugar de Gustavo Oliveira, o Sport buscou mais o ataque do que o Ceará e deu uma melhorada no jogo, mas não chegou com muita efetividade ao gol de Richard.

Jornal Midiamax