Esportes

Com time misto, Fluminense derrota Portuguesa e reencontra Flamengo na final

Vitória foi por 3x1 no Maracanã após jogo de ida, terminado empatado por 1 a 1

Estadão Conteúdo Publicado em 09/05/2021, às 18h00

(Reprodução, GE)
(Reprodução, GE)

Com time misto, o Fluminense precisou contar com mais uma grande atuação da jovem estrela Kayky para carimbar a vaga na final do Campeonato Carioca. Na tarde deste domingo, Roger Machado escalou uma equipe cheia de reservas, mas o Flu derrotou a Portuguesa por 3 a 1, no Maracanã, no segundo jogo da semifinal. O jogo de ida tinha terminado empatado por 1 a 1. Yago Felipe, Gabriel Teixeira e Kayky anotaram os gols tricolores. Chay descontou.

O adversário do Flu na final será o Flamengo. Os times se enfrentam em dois jogos a partir do próximo final de semana. As equipes decidiram o Estadual no ano passado, com os rubro-negros levando a melhor nos pênaltis.

Por ter melhor campanha, o Flu jogava pelo empate para se classificar. A equipe tricolor sofreu no primeiro tempo, que terminou empatado. No segundo tempo, com a entrada de Kayky, o time deslanchou e construiu a vitória.

Com um olho na Copa Libertadores no meio de semana, Roger mandou a campo um time misto. Dos titulares, apenas Marcos Felipe, Nino, Martinelli e Yago Felipe foram a campo. A Portuguesa não quis nem saber e se impôs no começo do jogo. Logo aos 7 minutos, Muniz mandou de longe e o goleiro tricolor fez boa defesa no cantinho.

Em meio às dificuldades, a qualidade técnica acabou fazendo a diferença para o Fluminense. Aos 21, Yago abriu o placar com belo gol. O meio-campista tabelou com Ganso na entrada da área e finalizou colocado. A bola tocou na trave e entrou.

O segundo quase saiu logo em seguida. Na marcação pressão, Egídio recuperou a bola no campo de ataque e colocou na área. Diego Guerra, zagueiro da Portuguesa, apareceu no momento certo para evitar a finalização de Abel Hernandez.

A Portuguesa empatou ainda no primeiro tempo. Jhulliam recebeu em velocidade e foi derrubado por Marcos Felipe: pênalti. Assim como na primeira partida, Chay cobrou com perfeição e deixou tudo igual, aos 43 minutos.

Apagado no primeiro tempo, Cazares deu lugar a Kayky, outro titular, na segunda etapa. Com a velocidade do jovem, o Flu retomou a frente do placar logo após a volta dos vestiários. Aos 10, o próprio atacante recebeu pela direita e finalizou. Gabriel Teixeira apareceu na segunda trave para completar para o gol. Pouco antes, Egídio havia acertado a trave em cobrança de falta.

A defesa do Flu deu um susto aos 20 minutos em recuo errado de Manoel. Marcos Felipe saiu bem do gol e impediu que Jhulliam deixasse tudo igual novamente.

Joia do Fluminense, Kayke estava impossível e marcou o terceiro aos 21. Ele recebeu na intermediária, arrancou, passou fácil pelos marcadores da Portuguesa e finalizou entre as pernas de Neguete.

Jornal Midiamax