Esportes

Brasileiro André Ribeiro, ex-piloto da Indy, morre vítima de câncer aos 55 anos

Único brasileiro a vencer uma prova da Indy no Brasil, piloto havia escondido a doença de amigos e familiares

Agência Estado Publicado em 23/05/2021, às 11h39

André Ribeiro pilotou pela Tasman e, depois, pela Penske, sendo o único brasileiro a vencer prova da Indy no Brasil
André Ribeiro pilotou pela Tasman e, depois, pela Penske, sendo o único brasileiro a vencer prova da Indy no Brasil - Reprodução

O automobilismo mundial está de luto. Neste domingo (23) de GP do Mônaco da Fórmula 1, os fãs de automobilismo foram surpreendidos com a notícia da morte do ex-piloto brasileiro André Ribeiro, que se destacou na Fórmula Indy, vítima de câncer no intestino aos 55 anos.

De acordo com a F1Mania, André Ribeiro escondeu a doença de seus amigos mais próximos e até de familiares. Não queria deixar ninguém preocupado. Ele deixa três filhas e muita saudade no mundo da velocidade.

André Ribeiro foi o único brasileiro a conseguir vencer uma prova da Fórmula Indy no Brasil. Um de seus três triunfos na categoria de monoposto aconteceu na Rio 400, em Jacarepaguá, em 1996. O piloto disputou a categoria com carros da Tasman e da Penske.

Considerado um gentleman, André Ribeiro era um piloto que todos gostavam de ter como amigo. Sempre solicito, não dispensava ajudar um companheiro e carregava enorme apreço nas pistas mesmo com rivais de equipe.

Sua carreira começou aos 19 anos, ainda no kart. Passou por Fórmula Opel, Fórmula 3 Inglesa e Fórmula 3, sempre sonhando em chegar à Fórmula 1. Acabou na Indy Lights e, por fim, na Indy. Aposentou-se das pistas aos 31 anos, quando estava na Penske, para investir na carreira de empresário do ramo automobilístico.

Jornal Midiamax