Esportes

Botafogo não aproveita expulsão e só empata com o Vila Nova na estreia da Série B

No estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia

Agência Estado Publicado em 28/05/2021, às 23h16

Assessoria/Botafogo
Assessoria/Botafogo

Atuando com um homem a mais desde os 40 minutos do primeiro tempo, o Botafogo não teve competência e só empatou com o Vila Nova por 1 a 1 no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Foi o nono empate em 18 partidas disputadas pelo time carioca nesta temporada.

O empate acaba sendo aceitável ao Botafogo, diante das inúmeras dificuldades de entrosamento e qualidade técnica que persistem desde o Campeonato Carioca. Na pior das hipóteses, conquistar um ponto fora de casa estava nos planos da comissão técnica. Mas fica ainda mais evidente que é preciso melhorar.

Tanto Vila Nova quanto Botafogo ainda não tiveram força máxima, pois ainda se movimentam nos bastidores para reforçar os seus elencos. O empate acabou sendo justo pelo o que foi apresentado durante os 90 minutos.

Os primeiros 45 minutos foram ao estilo Série B: muito equilíbrio, jogo truncado e poucas oportunidades de gol para os dois times. Tanto Vila Nova, como o Botafogo não fizeram por merecer qualquer vantagem no placar, tanto é que acabaram indo ao intervalo em igualdade.

As faltas em excesso tornaram o confronto bastante fraco tecnicamente. Ainda pior para o Vila Nova, que viu o volante Deivid receber dois cartões amarelos e ser expulso de campo aos 40 minutos da etapa inicial.

O Botafogo, porém, custou a aproveitar a vantagem numérica em campo. O time comandado por Marcelo Chamusca abusou das jogadas aéreas e viu o Vila Nova abrir o placar aos sete minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, William Formiga recebeu na entrada da área e finalizou forte, sem chances de defesa ao jovem goleiro Douglas Borges.

Só que o Botafogo não demorou a reagir e, num dos raros momentos de lucidez do time em campo balançou as redes. Chay recebeu na entrada da área, passou pela marcação e tocou para Rafael Navarro, que chutou no canto do goleiro.

A igualdade no placar deu tranquilidade ao Botafogo, que pretendia buscar a vitória. Aos 31 minutos quase veio a virada do time carioca, num chute colocado de Marco Antônio que passou rente a trave do goleiro Georgemy.

O Vila Nova volta a campo no domingo, dia 6, para enfrentar o Avaí às 20h30, na Ressacada, em Florianópolis (SC). Já o Botafogo, no sábado, dia 5, receberá o Coritiba às 21 horas, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 1 X 1 BOTAFOGO-RJ

VILA NOVA - Georgemy; Pedro Bambu, Walisson Maia, Rafael Donato (Renato Silveira) e William Formiga; Deivid, Dudu e Arthur Rezende (Íkaro); Kelvin, Henan (Johnatan Cardoso) e Pedro Júnior (Danilo Belão). Técnico: Wagner Lopes.

BOTAFOGO-RJ - Douglas Borges; Warley (Daniel Borges), Kanu e Gilvan; Paulo Victor, Romildo (Guilherme Santos), Pedro Castro e Ricardinho (Chay); Ronald (Felipe Ferreira), Rafael Navarro e Marco Antônio (Marcinho). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOLS - Willian Formiga aos sete e Rafael Navarro aos 13 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Cesar Zanovelli (MG).

CARTÕES AMARELOS - Deivid e Kelvin (Vila Nova); Ricardinho e Ronald (Botafogo-RJ).

CARTÃO VERMELHO - Deivid (Vila Nova).

LOCAL - Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO).

Jornal Midiamax