Esportes

Atlético-MG volta a vencer o Fortaleza e confirma vaga na final da Copa do Brasil

Além de vaga na final, o Atlético-MG garantiu pelo menos mais R$ 23 milhões de premiação

Agência Estado Publicado em 27/10/2021, às 22h53

Assessoria/Atletico-MG
Assessoria/Atletico-MG

Com uma larga vantagem conquistada no confronto de ida (4 a 0), o Atlético-MG voltou a vencer o Fortaleza na noite desta quarta-feira, desta vez por 2 a 1, na Arena Castelão, em Fortaleza, e confirmou a vaga na decisão da Copa do Brasil 2021. O adversário na final será o Athletico-PR, que eliminou o Flamengo no Maracanã.

Além de vaga na final, o Atlético-MG garantiu pelo menos mais R$ 23 milhões de premiação no torneio, pois é a quantia reservada ao vice-campeão. Se conquistar o título, os mineiros ficarão com R$ 56 milhões. O time acumula R$ 15,15 milhões de prêmios nesta Copa do Brasil até agora.

O Atlético-MG buscará o bicampeonato da Copa do Brasil, que foi conquistada pela primeira vez em 2014 sobre o arquirrival Cruzeiro. Depois disso os mineiros só voltaram à final uma única vez, em 2016, quando perderam para o Grêmio e amargaram o segundo lugar.

A vaga na decisão da Copa do Brasil poderá servir de combustível para o Atlético-MG seguir em busca do já encaminhado título do Campeonato Brasileiro. O time lidera a competição com folga e quer encerrar um jejum de 50 anos, já que a última e única conquista aconteceu em 1971.

Com bola rolando, os primeiros 45 minutos foram equilibrados e com o Fortaleza tendo ligeira superioridade para abrir o placar. Logo aos 11, Wellington Paulista recebeu passe de Bruno Melo e arriscou chute cruzado. A bola passou por toda área e Edinho, atrasado, não conseguiu completar para o gol.

A estratégia do Atlético-MG foi de forçar a marcação para ficar mais tempo com a bola nos pés, assim conseguiria evitar novos sustos na defesa. E a estratégia surtiu efeito, com o Fortaleza tendo dificuldades para entrar na área, principalmente com jogadas pelo chão.

Seguro na defesa, o Atlético-MG quase foi premiado com o primeiro gol no final do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Guilherme Arana cobrou falta e Marcelo Boeck fez boa defesa, garantindo o empate parcial.

No segundo tempo, o Atlético-MG assustou o Fortaleza logo aos três minutos. Dodô deu lindo lançamento para Eduardo Vargas, que invadiu a área e finalizou forte, mas Marcelo Boeck fez ótima defesa, com a bola passando muito perto do travessão.

O Fortaleza seguiu tendo muitas dificuldades e viu sua situação ficar ainda delicada aos 13 minutos, quando Diego Costa foi lançado, passou por dois marcadores, driblou o goleiro Felipe Alves e mandou para as redes, deixando o placar agregado em 5 a 0 para os visitantes.

Com a classificação mineira praticamente garantida, os dois times fizeram trocas com a intenção de preservar jogadores, tornando o jogo mais aberto. Aos 28, Tchê Tchê saiu jogando errado e Ronald arriscou finalização de fora da área, mas nas mãos de Everson.

Na reta final do segundo tempo o Atlético-MG voltou a marcar. Eduardo Sasha invadiu a área e Titi cortou a bola com braço. Aos 38 minutos, o artilheiro Hulk foi para a cobrança de pênalti e não desperdiçou.

Antes do apito final, aos 44, Romarinho arriscou de longe, a bola desviou em Igor Rabello e enganou Everson, que descontou para o Fortaleza, mas tarde demais.


FICHA TÉCNICA:


FORTALEZA 1 x 2 ATLÉTICO-MG


FORTALEZA - Marcelo Boeck; Éderson, Titi e Matheus Jussa; Edinho (Osvaldo), Felipe, Ronald (Daniel Guedes), Matheus Vargas (Romarinho) e Bruno Melo; David (Igor Torres) e Wellington Paulista (Henríquez). Técnico: Juan Vojvoda.


ATLÉTICO-MG - Everson; Guga, Igor Rabello, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana (Dodô); Alan Franco (Borrero), Tchê Tchê e Jair (Nathan); Eduardo Vargas (Hulk) e Diego Costa (Eduardo Sasha). Técnico: Cuca.


GOLS - Diego Costa, aos 13, e Hulk, aos 38 minutos do primeiro tempo. Romarinho, aos 44 minutos do segundo tempo.


CARTÕES AMARELOS - Ronald, Igor Torres e Wellington Paulista (Fortaleza); Réver (Atlético-MG).


ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Araújo (SP).


RENDA - Não divulgada.


PÚBLICO - 9.518 pagantes.


LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Jornal Midiamax