Esportes

Atlético Goianiense vence o Fortaleza e se distancia do rebaixamento

O Atlético Goianiense entrou na zona de classificação à Copa Sul-Americana e, de quebra, se distanciou da área de descenso ao derrotar o Fortaleza pelo placar de 2 a 0, neste domingo, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pior para o time cearense, que segue ameaçado pelo rebaixamento. Com […]

Agência Estado Publicado em 24/01/2021, às 21h17

Dragão venceu e se distanciou da zona da degola (Foto: Reprodução/Heber Gomes/Atlético Goianiense)
Dragão venceu e se distanciou da zona da degola (Foto: Reprodução/Heber Gomes/Atlético Goianiense) - Dragão venceu e se distanciou da zona da degola (Foto: Reprodução/Heber Gomes/Atlético Goianiense)

O Atlético Goianiense entrou na zona de classificação à Copa Sul-Americana e, de quebra, se distanciou da área de descenso ao derrotar o Fortaleza pelo placar de 2 a 0, neste domingo, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pior para o time cearense, que segue ameaçado pelo rebaixamento.

Com o resultado, o Atlético Goianiense subiu para a 12.ª colocação com 42 pontos, contra 35 do Fortaleza, o primeiro fora da zona de rebaixamento. O time goiano ainda pode ser ultrapassado pelo Red Bull Bragantino, que tem 41 e entra em campo nesta segunda-feira contra o Corinthians.

O primeiro tempo teve superioridade do Fortaleza, mas o nome do duelo foi Jean. O goleiro foi essencial para o Atlético Goianiense sair com a vitória parcial. A boa participação do arqueiro começou aos 11 minutos, quando fez grande defesa na tentativa de Mariano Vázquez. O time goiano até respondeu, mas sempre na bola parada. Natanael cruzou e Marlon Freitas cabeceou para fora.

O Fortaleza continuou em cima e contou com uma ajuda do VAR, que flagrou uma cotovelada, na bola, dentro da área, de João Victor, após tentativa de Yuri César: pênalti. Juninho foi para a cobrança e bateu no meio do gol. Jean ficou parado e fez a defesa.

O Atlético Goianiense respondeu na mesma moeda. Wellington Rato tabelou com Janderson e foi derrubado dentro da área por Paulão: pênalti. Jean foi para a cobrança e colocou o time goiano na frente do marcador.

No segundo tempo, o Atlético Goianiense se sentiu mais à vontade e contou com o desespero do Fortaleza para sobressair e criar as principais oportunidades de gol. Em mais uma boa jogada de Wellington Rato, Felipe Alves salvou o Fortaleza. Zé Roberto também tentou logo na sequência, mas não alcançou o cruzamento de Arnaldo.

O Fortaleza ainda teve a “faca e o queijo” para empatar, mas Wellington Paulista, dentro da área, isolou. A situação, no entanto, piorou quando Juninho foi expulso aos 28 minutos, após segurar Janderson. Com um a mais, o Atlético Goianiense ampliou aos 34. No contra-ataque, João Victor deu bela assistência para Natanael. O lateral bateu bonito para fazer 2 a 0.

Nos minutos finais, o técnico Enderson Moreira tentou botar o Fortaleza no ataque e fez três mudanças, que não surtiram efeito O Atlético Goianiense se fechou e acabou confirmando os três pontos.

Na próxima rodada, a 33.ª, o Atlético Goianiense enfrenta o São Paulo no domingo, às 16 horas, novamente no estádio Antônio Accioly. No mesmo dia, às 17 horas, o Fortaleza visita o Atlético-MG, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Jornal Midiamax