Esportes

Atleta paralímpico de MS, Fernando Rufino conquista primeiro ouro da canoagem brasileira

"Cowboy de Aço” é natural de Eldorado

Diego Alves Publicado em 03/09/2021, às 23h11

“Cowboy de Aço” na chegada/ Foto: Miriam Jeske/CPB
“Cowboy de Aço” na chegada/ Foto: Miriam Jeske/CPB

O atleta paralímpico sul-mato-grossense, Fernando Rufino, de 36 anos, conhecido como “Cowboy de Aço”, conquistou a primeira medalha de ouro na canoagem do Brasil nesta sexta-feira (03) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O “Cowboy de Aço” é natural de Eldorado, cidade a 442 quilômetros de Campo Grande.

Fernando Rufino venceu o percurso de 200m com o tempo de 53.077. Em segundo ficou o norte-americano Steven Haxton com 55.093 e o bronze foi para o português Norberto Mourão, com 55.365. O brasileiro Luis Carlos Cardoso, atual campeão mundial da prova foi sétimo colocado com 56.390.

Fernando Rufino largou na raia 4, pelo fato de ter feito o melhor tempo. Ao lado dele estava o americano Steven Haxton. “Cowboy de Aço” assumiu a liderança já nos primeiros metros e contemplado com a medalha de ouro na chegada.

Jornal Midiamax