Esportes

No Sul, Internacional vence o Botafogo com gol bizarro e volta a encostar no G-4

Após sete jogos, o Internacional voltou a vencer neste sábado, quando recebeu o Botafogo e fez 2 a 1, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória, marcado por Yuri Alberto, foi bizarro porque ele recebeu o passe do lateral-direito Kevin, do time carioca, em uma cobrança […]

Agência Estado Publicado em 12/12/2020, às 20h57

None
No Sul, Internacional vence o Botafogo com gol bizarro e volta a encostar no G-4

Após sete jogos, o Internacional voltou a vencer neste sábado, quando recebeu o Botafogo e fez 2 a 1, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória, marcado por Yuri Alberto, foi bizarro porque ele recebeu o passe do lateral-direito Kevin, do time carioca, em uma cobrança de falta. O árbitro estava de costas e não viu o lance, mas foi alertado pelo VAR e validou o lance.

Mais do que resgatar a confiança do elenco, a vitória, primeira com o técnico Abel Braga no Brasileirão, recoloca o Internacional próximo aos times do G-4 – o grupo de classificação à Copa Libertadores de 2021, com 41 pontos.

Já o Botafogo vive situação contrária na tabela de classificação A derrota foi a sétima consecutiva, que agora soma nove partidas sem vencer no campeonato. Como consequência, segue na zona de rebaixamento com 20 pontos.

O Internacional ditou o ritmo do primeiro tempo, mas novamente mostrou problemas em seu sistema defensivo, saiu atrás no placar e precisou correr atrás do empate parcial antes do intervalo.

Com postura defensiva, o Botafogo abriu o placar em jogada aérea Aos 27 minutos, José Welison recebeu bola pelo lado direito e cruzou na cabeça do centroavante Pedro Raul, que testou forte para as redes do goleiro Marcelo Lomba. Dois minutos depois, o Internacional respondeu com finalização de Edenílson que carimbou a trave da meta defendida por Diego Cavalieri.

Contudo, aos 36 minutos o Internacional chegou ao empate. Moisés fez linda jogada individual, finalizou na trave e a bola sobrou para Patrick, que só completou para as redes. A defesa do Botafogo ainda tentou tirar a bola, mas ela já havia entrado totalmente.

No segundo tempo, embora o Botafogo tenha voltado com postura mais ofensiva, o Internacional conseguiu segurar as investidas e virar o placar. Aos 24 minutos, Kevin cobrou falta pelo lado direito e na tentativa de recuar para o goleiro deixou a bola muito distante. Yuri Alberto pegou a bola e chutou por baixo de Diego Cavalieri.

A partida ficou paralisada por quatro minutos para a checagem do árbitro potiguar Caio Max Augusto Vieira no VAR, que acabou validando o segundo gol do time gaúcho. Ele estava de costas para o lance e nem viu como o gol aconteceu.

Atrás no placar, não restou alternativa ao Botafogo senão pressionar o Internacional pelo empate. Aos 38 minutos, o japonês Honda finalizou com perigo e obrigou Marcelo Lomba a fazer boa defesa, em um dos últimos lances antes do apito final

O Internacional volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Palmeiras, às 21 horas, novamente no estádio Beira-Rio. Já o Botafogo, no mesmo dia e horário visitará o Coritiba, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Jornal Midiamax