Esportes

Governo prorroga pagamento de bolsas para atletas do Estado

O Governo do Mato Grosso do Sul prorrogou por mais seis meses o pagamento de bolsas para atletas e técnicos a partir deste quinta-feira (20). A medida foi publicada nesta manhã, no Diário Oficial do Estado. A medida leva em consideração as medidas de isolamento e distanciamento social por conta da pandemia de coronavírus, que […]

Matheus Maderal Publicado em 20/08/2020, às 09h19

(Foto Ilustrativa: Divulgação, Fundesporte)
(Foto Ilustrativa: Divulgação, Fundesporte) - (Foto Ilustrativa: Divulgação, Fundesporte)

O Governo do Mato Grosso do Sul prorrogou por mais seis meses o pagamento de bolsas para atletas e técnicos a partir deste quinta-feira (20). A medida foi publicada nesta manhã, no Diário Oficial do Estado.

A medida leva em consideração as medidas de isolamento e distanciamento social por conta da pandemia de coronavírus, que atrapalhou o treino dos atletas e alterou o calendário esportivo, bem como as dificuldades encaradas por atletas e técnicos de se manterem em alto nível de treinamento e competição sem o repasse financeiro.

Agora, fica prorrogado até fevereiro de 2021, o pagamento das parcelas consecutivas da Bolsa-Atleta e da Bolsa-Técnico de 17 de agosto de 2017, referentes ao exercício 2019-2020, aos atuais beneficiários, signatários dos Termos de Adesão com a Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Os recursos vêm do FIE (Fundo de Investimentos Esportivos) e são administrados pelo Cogeb (Comitê Gestor da Bolsa Atleta e Bolsa Técnico) da Fundesporte. O pagamento das bolsas Atleta e Técnico é um investimento do Governo do Estado no esporte de R$ 112.000,00 mensais. A prorrogação representa um auxílio de aproximadamente R$ 672.000,00 aos atletas e técnicos contemplados.

O programa

Atualmente, 170 atletas possuem o benefício. Na categoria estudantil, destinada aos que tenham participado de eventos nacionais estudantis, reconhecidos pela Secretaria Especial de Esporte e validados pela Fundesporte, são 100 contemplados, que recebem R$ 381,19 por mês. A categoria nacional beneficia 50 desportistas, que competiram em torneios em âmbito nacional, além de 20 na categoria pódio complementar, para os vinculados ao programa Bolsa Atleta do Governo Federal. Ambas oferecem R$ 871,29 por mês.

O programa também concede 20 bolsas para técnicos, sendo 10 aos que estão em nível escolar (categoria técnico I), no valor de R$ 544,56. Outras 10, de R$ 816,84, são oferecidas mensalmente aos técnicos dos desportistas que pleiteiam a Bolsa Atleta federal.

Jornal Midiamax