Esportes

Campeão da Superliga e da Copa do Brasil estão em quadra no Guanandizão

Assim como aconteceu no masculino, a Supercopa de vôlei feminino colocou frente a frente os dois melhores times da última temporada. Nesta sexta-feira (6), em Campo Grande, Flamengo e Praia Clube se enfrentam e o destaque ficou com a presença do técnico do Sesc Flamengo Bernardinho, que depois de 16 anos retorna a Campo Grande, […]

Marcos Ermínio Publicado em 06/11/2020, às 22h27 - Atualizado às 22h34

None
Supercopa de Vôlei feminino (Foto Marcos Erminio/Mídiamax)

Assim como aconteceu no masculino, a Supercopa de vôlei feminino colocou frente a frente os dois melhores times da última temporada. Nesta sexta-feira (6), em Campo Grande, Flamengo e Praia Clube se enfrentam e o destaque ficou com a presença do técnico do Sesc Flamengo Bernardinho, que depois de 16 anos retorna a Campo Grande, .Em 2004, no comando da seleção brasileira masculina, enfrentou Portugal, no Guanandizão, pela Liga Mundial, hoje liga das Nações.

Flamengo e Praia Clube se enfrentam na Supercopa por conta dos resultados obtidos na última temporada. Nela, os dois times estavam nas primeiras colocações da Superliga feminina, até a pausa por conta da Covid-19.

No primeiro set o Praia Club deu mais volume de jogo e levou o sets com 25 pontos contra 16 do Sesc Flamengo, o segundo sets foi mais acirrado marcando o placar de 23 para o Praia Clube e 25 para o Sesc Flamengo de Amanda e Gabiru que incendeiam o time após a saída da holandesa Anne para equilibrar a recepção, Praia Clube perdeu potência no ataque o que deu mais empolgação a partida no Guanandinzão.

Após dois sets irregulares, Lorenne entrou no jogo. A oposta é o destaque do Sesc-Flamengo na terceira parcial.

O time de Uberlândia e Rio de Janeiro continuam disputando o troféu da Supercopa de Vôlei no Guanandinzão.

Jornal Midiamax