Esportes

Brasil tem 9 candidatos a sediar finais da Libertadores e Sul-Americana até 2023

Ainda que com as suas competições de clubes interrompidas em função da pandemia do coronavírus, a Conmebol já planeja as próximas edições da Libertadores e da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, então, anunciou os estádios que se candidataram a receber as decisões desses torneios entre 2021 e 2023. E nove deles são brasileiros: Arena da Baixada, […]

Agência Estado Publicado em 14/05/2020, às 17h21

Foto: Conmebol / Libertadores / Divulgação / CP
Foto: Conmebol / Libertadores / Divulgação / CP - Foto: Conmebol / Libertadores / Divulgação / CP

Ainda que com as suas competições de clubes interrompidas em função da pandemia do coronavírus, a Conmebol já planeja as próximas edições da Libertadores e da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, então, anunciou os estádios que se candidataram a receber as decisões desses torneios entre 2021 e 2023. E nove deles são brasileiros: Arena da Baixada, Beira-Rio, Arena Corinthians, Morumbi, Mané Garrincha, Castelão, Arena Pernambuco, Maracanã e Fonte Nova.

Para a decisão da Libertadores de 2021, há quatro estádios brasileiros entre os concorrentes, todos eles de propriedades de clubes: os de Corinthians, São Paulo, Athletico-PR e Internacional. Eles também pleiteiam receber as finais dos dois anos seguintes, quando ganham a concorrência do Maracanã, que em 2020 foi escolhido para sediar a decisão do torneio.

Arena da Baixada, Beira-Rio, Arena Corinthians, Morumbi também se apresentaram para receber a decisão da Sul-Americana entre 2021 e 2023. Além deles, Mané Garrincha, Castelão, Arena Pernambuco e Fonte Nova também estão inscritos para tentar organizar a final da segunda principal competição de clubes do continente.

A Conmebol marcou para os dias 25 e 26 de maio uma apresentação dos estádios candidatos, que vai ocorrer por videoconferência em função das restrições impostas pelo surto do coronavírus. A Conmebol, então, apresentará um dossiê para definir as finalistas de cada decisão. Posteriormente, será realizada uma inspeção dos concorrentes para que o conselho da entidade tome uma decisão.

Jornal Midiamax