Esportes

Tite critica campanha de patrocinadora da seleção com Neymar e Messi

O técnico Tite fez neste sábado (2) uma crítica à abrangência de uma ação social da Mastercard, uma das patrocinadoras da seleção brasileira. A empresa fará uma campanha com o brasileiro Neymar e o argentino Lionel Messi até março de 2020. Cada gol desses jogadores em torneios oficiais, a partir da Copa do Mundo, representará […]

Diretoria Publicado em 02/06/2018, às 17h21 - Atualizado às 17h43

None

O técnico Tite fez neste sábado (2) uma crítica à abrangência de uma ação social da Mastercard, uma das patrocinadoras da seleção brasileira.
A empresa fará uma campanha com o brasileiro Neymar e o argentino Lionel Messi até março de 2020. Cada gol desses jogadores em torneios oficiais, a partir da Copa do Mundo, representará 10 mil refeições que serão destinadas para estudantes da América Latina e do Caribe.
Para o treinador, a  dessas seleções, não apenas por Neymar e Messi.
“Mastercard, eu vou falar uma coisa. É muito bonita essa doação em relação a entidades assistenciais. É linda e grande. Assim como é grande também vocês darem pratos se todos os atletas da Argentina e do Brasil marcassem um gol. A gente trabalha enquanto equipe e, com todos esses valores, pode frustrar um pouquinho. Fica a minha sugestão”, disse Tite na véspera do jogo contra a Croácia, marcado para este domingo em Liverpool.
A campanha é chamada de #JuntosSomos10 e foi iniciada pela Mastercard em abril do ano passado, quando anunciou Neymar e Messi como os dois representantes em uma chamada por doações ao Programa Mundial de Alimentos da ONU.

Folhapress

Jornal Midiamax