Esportes

Reforma do Belmar e obra em pista de atletismo são prioridades na Capital

Meta é ampliar práticas esportivas na Capital

Richelieu Pereira Publicado em 02/01/2018, às 14h09

None

Meta é ampliar práticas esportivas na Capital

A Prefeitura de Campo Grande planeja grandes eventos esportivos para 2018, com a reestruturação dos Jogos Escolares e a segunda edição dos Jogos Radicais Urbanos. Além disso, deve ser entregue a revitalização da Praça Belmar Fidalgo e a retomada da obra da pista de atletismo do Parque Ayrton Senna.

De acordo com diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes (Funesp), Rodrigo Terra, estão em análise o projeto de revitalização do Guanandizão, que foi solicitado e está protocolado no Governo do Estado, e a revitalização do Parque Jacques da luz, com a aquisição de novas academias ao ar livre também então nos projetos para este ano.

A reforma da Praça Belmar Fidalgo deve ser finalizada até o fim do ano. As melhorias são fruto de convênio com as empresas com a empresa de engenharia Plaenge e o banco Sicredi, que farão a manutenção e, em contrapartida, poderão colocar anúncios publicitários no local, por um prazo de dois anos.

Serão investidos no local cerca de R$ 250 mil, com as empresas sendo responsáveis pela reforma dos banheiros e reposição da areia das quadras e do parque infantil, reparos da arquibancada ao prédio da administração, poda da grama e das árvores, manutenção nos bancos e lixeiras, além da parte elétrica, chuveiros e grades.Reforma do Belmar e obra em pista de atletismo são prioridades na Capital

A prefeitura aguarda a liberação de recursos pelo Ministério do Esporte para retomada da obra da pista de atletismo do Parque Ayrton Sena. A obra está orçada em R$ 7.6 milhões com com recursos da União e contrapartida da prefeitura, e quando estiver concluída, será referência no estado para treinamentos de atletismo com piso emborrachado na pista oficial de 400 metros.

Ainda em 2018, um seminário definirá o novo formato dos jogos estudantis com a inclusão dos jogos paradesportivos, e os Jogos Abertos dos Servidores e a Corrida do Facho estão confirmados.

De acordo com informações da prefeitura, em 2017 foram mais de 1,2 milhões de atendimentos realizados nos parques e praças da Capital. Neste ano, a meta é chegar aos 2 milhões de atendimentos, trabalhando o esporte como saúde preventiva.

“No primeiro ano da gestão tivemos mais de 13 mil usuários inscritos nos projetos e ações esportivas. Agora, a meta é continuar trabalhando para termos 15 mil inscritos em 2018. Também vamos aumentar os locais de atendimentos de 13 para 20 núcleos e subnúcleos, descentralizando as ações esportivas, além dos projetos e eventos que já aconteceram este ano”, pondera Rodrigo Terra.

Jornal Midiamax