Esportes

Inglaterra e Bélgica disputam 3º lugar da Copa neste sábado

Ambos times do grupo G se enfrentam novamente numa disputa mais morna

Carlos Yukio Publicado em 14/07/2018, às 08h54 - Atualizado às 08h55

None
Bélgica e Inglaterra se enfrentam na manhã deste sábado (14).

As seleções da Bélgica e da Inglaterra se enfrentam novamente neste sábado (14), às 10h do horário local para a disputa do bronze na Copa do Mundo 2018. Os dois times do Grupo G já haviam se enfrentado na fase de grupos com seus times reservas e já classificados para as oitavas. As duas seleções, entretanto, chegaram até as semifinais e perderam para a Croácia e para a França.

Nas entrevistas coletivas, entretanto, o discurso oficial das duas seleções é valorizar a partida, mesmo com o jogo sendo mais morno e não tendo tanta pressão como seria o primeiro lugar. Para a Bélgica, o objetivo é obter o melhor desempenho do país em copas. Em 1986, quando disputou a terceira posição, perdeu para a França na prorrogação e terminou em quarto lugar.

“Temos o dever de terminar em terceiro pelo país, pelo time e pelos jogadores. Não temos a oportunidade de jogar este tipo de partida de Copa todo dia. Estamos motivados, mesmo a noite após a semifinal tendo sido dura”, disse o meio-campo Axel Witsel.

A Inglaterra foi campeã do mundo em 1966, mas pode garantir a melhor colocação em uma copa depois de 52 anos. Em 1990, disputou o terceiro lugar, mas foi derrotada pela Itália. E, desde o título, o quatro lugar foi o ponto mais alto do pódio em um Mundial.

Ainda que não seja nas condições esperadas, esta é a chance de a Inglaterra vencer um adversário de primeira linha do futebol mundial no torneio. Tirando a própria Bélgica, que enfrentou na primeira fase com time reserva – e perdeu –, jogou contra Tunísia, Panamá, Colômbia, Suécia e Croácia, sendo derrotada por esta última na semifinal.

“A Bélgica tem estado em uma jornada brilhante e quer terminar bem a Copa, assim como nós. Existem alguns jogadores excelentes no espetáculo, e será um bom teste para nós. Não vencemos um desses times de primeira linha ainda, então temos que agarrar a oportunidade que temos”, disse o técnico inglês, Gareth Southgate.

Jornal Midiamax