Esportes

Com emoção até o último pênalti, Croácia vence ‘jogão’ e elimina os donos da casa

Que jogo! Emoção até o final e sofrimento de duas seleções que se entregaram em campo. Depois de empate por 1×1 no tempo normal, e um eletrizante 2×2 na prorrogação, a Croácia venceu a Rússia por 4×3 nos pênaltis e vai enfrentar a Inglaterra na semi-final. Grande surpresa na seleção russa, o lateral Cheryshev tabelou […]

Ludyney Moura Publicado em 07/07/2018, às 17h05

None

Que jogo! Emoção até o final e sofrimento de duas seleções que se entregaram em campo. Depois de empate por 1×1 no tempo normal, e um eletrizante 2×2 na prorrogação, a Croácia venceu a Rússia por 4×3 nos pênaltis e vai enfrentar a Inglaterra na semi-final.

Grande surpresa na seleção russa, o lateral Cheryshev tabelou com o atacante Dzyuba, no ataque russo, e recebeu pouco antes da entrada da área e arriscou um lindo chute de perna esquerda. Um golaço. A a bola foi parar na gaveta. Delírio da torcida da Rússia que lotava o estádio em Sochi.

A resposta croata não demorou. O atacante Mandzukic desceu pela esquerda do ataque e cruzou na medida para Kramarić, cabeçar sozinho, no meio da área russa e mandar para o fundo do gol. Era o empate da Croácia, com números finais na primeira etapa.

No segundo tempo, o time da Croácia mostrou certa superiodade técnica, meteu bola na trave e assustou o goleiro Akinfeev. Porém, os dois arqueiros não tiveram muito trabalho e o jogo foi para a prorrogação.

Pela primeira vez nessa Copa do Mundo, um time marcou na prorrogação. A Croácia, com o zagueiro Vida, virou o jogo aos 11 minutos da primeira etapa do tempo extra. Delírio dos torcedores croatas presentes no estádio Fisht Olympic.

A Rússia, apoiada pela torcida, imprimiu ritmo forte no segundo tempo da prorrogação e teve sua insistência e dedicação premiada aos 9 minutos. Cruzamento na medida de Dzagoev, e o brasileiro naturalizado russo, Mario Fernandes subiu com estilo e cabeçou no canto. Tudo igual, 2×2 a Sochi.

Na cobrança dos pênaltis, dois goleiros que brilharam nas oitavas de final, Akinfeev pela Rússia, e Subasic na Croácia, duelaram em grande estilo e deixaram a decisão para a última cobrança.

Ao final, Mario Fernandes chutou para fora e Smolov parou nas mãos de Subasic, e apesar de Akinfeev ter pego uma cobrança, a Croácia avançou. Grande jogo e expectativa de um confronto histórico contra a Inglaterra na próxima quarta-feira (11) às 14h.

Jornal Midiamax