Esportes

VÍDEO: Jogador de basquete tem olho arrancado em acidente de partida

Apesar do susto, Mitchell poderá voltar a jogar em breve

Henrique Kawaminami Publicado em 30/01/2017, às 13h18

None
_93833728_328e5e04-bf8c-418b-9cec-cf03797f6afc.jpg

Apesar do susto, Mitchell poderá voltar a jogar em breve

Akil Mitchell, jogador da equipe de basquete New Zealand Breakers, levou um susto e preocupou seus companheiros após sofrer um acidente durante um partida na última quinta-feira (26) em Auckland, na Nova Zelândia. Em um disputa no ‘garrafão’, Mitchell teve olho deslocado acidentalmente pelo dedo de um adversário.

O momento do acidente foi registrado em vídeo. Mitchell tinha acabado de fazer uma cesta quando sofreu o acidente. Ele foi cercado por companheiros de equipe e adversários. Todos se assustaram com o que viram.

"Com a palma da minha mão, senti que meu olho esquerdo estava quase na minha bochecha", contou o jogador à New Zealand Radio Sport.

"Eu ainda conseguia enxergar. Lembro que fiquei assustado, ainda mais depois de sentir que o olho estava fora do lugar.”

O americano de 24 anos, disse ter temido perder a visão e lembrou de como colegas e mesmo o público entraram em pânico. “Na ambulância, os paramédicos me deram analgésicos e colocaram colírio. Senti quando colocaram o olho de volta no lugar, o que foi um sentimento estranho"

Mitchell foi levado rapidamente para um hospital local, onde foi socorrido.

"Foi um sentimento incrível poder piscar de novo".

Mitchell teve alta ainda na quinta-feira, e fez piada com a própria situação ao usar o emoji de um par de olhos em um post no Twitter para dizer que estava bem.

VÍDEO: Jogador de basquete tem olho arrancado em acidente de partida

Segundo o jogador, ele poderá voltar a jogar em breve.

A lesão sofrida pelo americano é rara, mas não sem precedentes, incluindo o basquete. Em 2006, durante um jogo do Campeonato Universitário Americano, Allan Ray teve o olho direito deslocado em um acidente semelhante, mas uma semana depois estava de volta às quadras.

Assim como no caso de Mitchell, ele teve o que médicos chamam de luxação do globo ocular, em que apesar do horror da saída do olho do lugar, não há danos ao nervo ótico – e, consequentemente, à visão. Luxações podem ocorrer até no caso de um espirro mais violento.

AVISO: CENAS FORTES |Assista o vídeo aqui.

Jornal Midiamax