Esportes

Hamilton foi o melhor no primeiro dia de treinos para o GP da Áustria

Piloto britânico é apontado como favorito. Felipe Massa marcou o 14º tempo

Arlindo Florentino Publicado em 07/07/2017, às 13h19

None

Piloto britânico é apontado como favorito. Felipe Massa marcou o 14º tempo

Depois de não conseguir um bom desempenho no primeiro treino desta sexta-feira (7), Lewis Hamilton reagiu e o segundo treino livre do GP da Áustria voltou a colocar em prova o equilíbrio entre ele e Sebastian Vettel. Na primeira atividade do dia, não fez um bom tempo mas liderou, mas no segundo treino do dia conseguiu reduzir seu tempo e novamente superou o rival alemão.

O britânico fechou o primeiro dia de treinos para o GP da Áustria, a nona etapa desta temporada, com os melhores tempos. Hamilton, que liderou a primeira atividade, abaixou seu tempo e anotou a volta mais rápida em 01min05s483. O vice-líder do campeonato utilizou pneus ultra macios.

Atual líder, com 14 pontos a mais que Hamilton, Sebastian Vettel ficou com o segundo melhor tempo do primeiro dia de treinos no circuito de Spielberg. Com desempenho abaixo do esperado na primeira metade da disputa, o alemão utilizou pneus ultra macios e melhorou seu ritmo, batendo 01min05s630.

A Mercedes largou na frente da Ferrari também na briga entre os “coadjuvantes”. O finlandês Valtteri Bottas chegou a liderar o início das atividades, mas terminou com o terceiro melhor tempo: 1min05s699. Compatriota de Bottas, Kimi Raikonnen também teve bom começo, e acabou na sexta posição: 1min06s144.

Entre as duas escuderias apareceu a Red Bull. A equipe austríaca teve o jovem Max Verstappen como maior destaque. O piloto de 19 anos apresentou alguns problemas no circuito de Spielberg, mas conseguiu apresentar tempo razoável e garantir a quarta posição do dia. Vencedor do GP de Baku, há duas semanas, Daniel Ricciardo ficou com a quinta colocação.

O brasileiro Felipe Massa não teve um grande início de preparação para o GP da Áustria. O piloto da Williams sofreu problemas com o carro e ficou com o modesto 14º melhor tempo, com 1min07s065. “Os pneus são horríveis em alta-velocidade, é inacreditável”, reclamou Massa.

Jornal Midiamax