Esportes

Diego Costa não garante permanência no Chelsea

Boatos dão conta de transferência para a China mas atleta desconversa

Arlindo Florentino Publicado em 09/05/2017, às 14h31

None
diego_costa-futebol.jpg

Boatos dão conta de transferência para a China mas atleta desconversa

O Chelsea está a uma vitória do título inglês e já está garantido na Liga dos Campeões. Contudo, nada disso garante o atacante Diego Costa como referência no ataque para a próxima temporada. Em entrevista à “DirecTV”, o jogador deixou no ar a possibilidade de deixar os Blues rumo ao futebol chinês – o Tianjin Quanjian está interessado.
“Sou o dono do meu futuro, e isso não quer dizer que vou para a China”, disse Diego Costa.
O atacante tem mais dois anos de contrato com o Chelsea, que o contratou em 2014 por 32 milhões de libras (R$ 132 milhões) junto ao Atlético de Madrid. No entanto, o Tianjin Quanjian vem demonstrando interesse desde janeiro, o que balançou o jogador. Especula-se na imprensa inglesa que os chineses poderiam pagar cerca de 76 milhões de libras (R$ 313 milhões).
Em janeiro, ele chegou a ficar no banco em uma partida diante do Leicester. Na ocasião, já era dada como certa sua saída para o futebol chinês. Contudo, o técnico Antonio Conte disse que ele foi desfalque por conta de dores nas costas.
O Chelsea tem ainda três jogos a fazer no Campeonato Inglês. A equipe vai encarar nesta sexta-feira o West Bromwich, fora de casa. Em caso de vitória, conquista o título com duas rodadas de antecipação. No dia 27 de maio, faz a final da Copa da Inglaterra com o Arsenal.

Jornal Midiamax