Esportes

Com pouca inspiração, Santos e Fluminense só empatam no Paca

0 a 0

Diego Alves Publicado em 15/08/2017, às 00h12

None

0 a 0

Santos e Fluminense não se enfrentavam no Pacaembu desde 1995. Com propostas ofensivas, a promessa era de um jogo aberto, com sorte, de muitos gols. Que nada… A inspiração ficou guardada no passado e, ao contrário da histórica semifinal do Brasileiro com sete gols, desta vez os times não saíram do 0 a 0, na noite desta segunda-feira, em duelo válido pela primeira rodada do returno do Nacional. Com pouca inspiração, Santos e Fluminense só empatam no Paca

O placar não foi alterado muito porque as duas equipes dependeram muito de seus camisas 10. E tanto Lucas Lima quanto Gustavo Scarpa não estavam em suas melhores noites. O santista até teve bons momentos, que poderiam ter dado a vitória ao Peixe, mas Scarpa foi bem abaixo. 

O domínio alvinegro se caracterizou no primeiro tempo, com as melhores chances. Julio Cesar foi bem exigido por Léo Cittadini e Lucas Lima. Mas a melhor oportunidade caiu nos pés de Vladimir Hernandez. Após boa trama entre Lima e Ricardo Oliveira, o baixinho recebeu perto do gol. Mas nem conseguiu chutar. Foi o símbolo da seca de ideias. 

Na segunda etapa, a equipe de Abel Braga explorou melhor os contra-ataques. Logo no início, teve a sua grande chance na partida. Wendel saiu na cara de Vanderlei, passou pelo goleiro, mas finalizou na trave. Foi o melhor momento dos cariocas na partida. 

Os dois treinadores tentaram criar o algo a mais com substituições, mas foi em vão. Na parte final do embate, a presença dos dois camisas 10 foi nula. Scarpa foi substituído e Lucas Lima já brilhavam mais pelo cabelo colorido. 

Aos santistas, fica a lembrança da semifinal de 1995. Com a 10 e o cabelo pintado de vermelho, Giovanni conduziu o time à final com a goleada de 5 a 2. Quanta diferença… 

No fim, o empate foi ruim para os dois. O Santos cada vez mais dá adeus às chances de título e o Flu fica longe do G6. Assim, a cena mais legal do jogo acabou sendo o cumprimento dos jogadores do Santos a Abel Braga antes do apito inicial. A cena foi seguida por gritos da torcida alvinegra para o treinador que perdeu o filho recentemente. 

O Santos ocupa a 3ª colocação com 36 pontos, 11 a menos do que o líder Corinthians. Já o Flu cai para 10º, com 27 pontos. 

FICHA TÉCNICA 
SANTOS 0 X 0 FLUMINENSE 
Local: Pacaembu, São Paulo (SP) 
Data-Hora: 14/8/2017 – 20h 
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO) 
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO) 
Público/renda: 19.457 pagantes/R$ 686.240,00 
Cartões amarelos: Lucas Lima e Alison (SAN), Marlon Freitas e Henrique Dourado (FLU) 
Cartões vermelhos: – 
Gols: – 

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Alison, Léo Cittadini e Lucas Lima; Vladimir Hernández (Jean Mota, aos 28’/2ºT), Thiago Ribeiro (Lucas Crispim, aos 16’/2ºT) e Ricardo Oliveira (Kayke, aos 16’/2ºT). Técnico: Levir Culpi. 

FLUMINENSE: Júlio César; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Marlon Freitas, Wendel e Gustavo Scarpa (Robert, aos 40’/2ºT); Wellington Silva (Marcos Junior, aos 36’/2ºT) e Henrique Dourado (Pedro, aos 42’/2ºT). Técnico: Abel Braga.

Jornal Midiamax