Esportes

Nadando contra Phelps, campo-grandense não se classifica para final dos 200m borboleta

Teve o 13º melhor tempo

Diego Alves Publicado em 09/08/2016, às 01h50

None
70fb424a525964db5060.jpg

Teve o 13º melhor tempo

O nadador campo-grandense Leonardo de Deus não se classificou para a final dos 200m borboleta nos Jogos Olípicos 2016. Léo de Deus que chegou em sétimo na piscina do Estádio Aquático na noite desta segunda-feira (08) teve o 13º melhor tempo de um total de duas baterias.

Kaio Márcio, outro brasileiro que também disputou as classificações anotou o 14º tempo. “Não foi uma prova boa. Se eu tivesse repetido o que foi feito de manhã, já dava para ir à final. Mas não consegui. É até difícil de falar, porque piorei um segundo. Era uma competição que trabalhei quatro anos para estar. E não era uma final difícil de estar”, lamentou Leonardo de Deus.

Michael Phelps e Leonardo de Deus caíram na água na segunda bateria. O brasileiro teve um início fraco, chegou a se recuperar no decorrer da prova, mas voltou a perder ritmo, terminando apenas em sétimo em sua bateria.

Michael Phelps

Em seu desafio mais difícil na Rio-2016, Michael Phelps conseguiu se classificar para a final dos 200m borboleta. Depois de admitir ter nadado abaixo do planejado nas eliminatórias, o multicampeão conseguiu avançar com o segundo melhor tempo.

Phelps não teve grandes dificuldades na prova. Com uma boa vantagem, o norte-americano liderou os 150 primeiros metros e passou a controlar o ritmo. Com isso, acabou sendo ultrapassado pelo húngaro Tamas Kenderesi e terminou com o segundo melhor tempo geral: 1m54s12.

"Ainda tenho algumas coisas a acertar, mas já me senti muito melhor na prova do que eu me senti de manhã. Consegui tirar uma soneca de duas horas à tarde, e isso foi incrível. Espero agora poder ter uma boa noite de sono e uma corrida divertida amanhã [terça-feira]", afirmou Phelps.

Essa é a segunda prova de Michael Phelps na Rio-2016. No último domingo (7), o atleta mais laureado da história ajudou o time dos Estados Unidos a vencer o revezamento 4x100m.

Antes deles, Kaio Marcio foi para a água. Nos primeiros 100m, o brasileiro deu impressão de que poderia brigar por uma vaga na final, chegando a virar na primeira posição. Com o decorrer da prova, no entanto, ele caiu de rendimento e terminou apenas na sétima colocação de sua bateria.

“No final eu cansei, gastei um pouco do gás, tinha que ter guardado para o final”, admitiu Kaio Márcio ao “Sportv”. “O tempo não foi o que eu queria, mas foi legal ter participado, a festa está bonita. Agora é trabalhar mais para dar uma melhorada”.

Jornal Midiamax