Esportes

Massa se despede do GP Brasil fora do Q3 e larga em 13º

Último GP Brasil

Diego Alves Publicado em 12/11/2016, às 22h50

None
massafelizefe.jpg

Último GP Brasil

Felipe Massa não conseguiu um bom tempo com sua Williams e largará em 13º lugar em seu último GP Brasil de Fórmula 1. Após ser eliminado já na segunda das três partes do treino oficial deste sábado, o brasileiro culpou um problema nos pneus dianteiros pela má classificação, mas exaltou o apoio recebido pela torcida presente no Autódromo de Interlagos.

Com a pista úmida por conta da fina garoa que cai neste sábado na capital paulista, o piloto de 35 anos fez o tempo de 1min12s521 no Q2 e não conseguiu se colocar entre os 10 classificados para a etapa derradeira do treino. Massa, contudo, descartou que o aspecto úmido do asfalto o tenha atrapalhado.

"Não acho que foram as gotas (que atrapalharam), acho que alguma coisa aconteceu nos pneus dianteiros. A primeira saída que eu dei foi a volta mais tranquila. Depois o carro começou a sair de frente demais, parecia que algo não estava funcionando com os pneus dianteiros", relatou à TV Globo .

"Não entendo o que aconteceu, foi uma pena. Eu estava bem confiante depois da primeira saída, e eu acreditava que podia entrar tranquilamente no Q3 e ter feito uma ótima classificação. Infelizmente, não aconteceu", acrescentou o vice-campeão de 2008, na esperança de conquistar uma boa colocação na prova deste domingo. "A corrida é longa amanhã, vou tentar fazer o máximo possível e lutar até a última volta", completou.

Embora não tenha angariado uma posição no grid de largada, Massa foi ovacionado pela torcida presente nas arquibancadas em frente aos boxes das equipes. O brasileiro se dirigiu aos fãs, subiu no muro instalado entre a garagem e a pista e agradeceu pelo carinho.

"É o mínimo que eu tenho a fazer por essa torcida maravilhosa, que sempre me apoiou e que eu amo de paixão. Acredito que eles me amam também. Foi um grande carinho, subi no muro e bateu um vento que eu quase caí lá embaixo. É um grande carinho e amor por essa torcida, que é diferente de todos os outros países", exaltou o paulista.

Na 11ª colocação do Mundial 2016, com 51 pontos, Felipe Massa disputará seu último GP Brasil como piloto da F1. A corrida está marcada para este domingo, a partir das 14 horas (de Brasília). Sua aposentadoria da categoria acontecerá na prova em Abu Dhabi, a última da competição, em 27 de novembro.

Jornal Midiamax