Esportes

Ex-aliado de Eike, vice-presidente de futebol do Flamengo é levado pela PF

Ex-presidente de empresa de Eike também foi conduzido

Norberto Liberator Publicado em 22/09/2016, às 11h29

None
flaviogodinho_chapaazul_flamengo_vicenteseda.jpg

Ex-presidente de empresa de Eike também foi conduzido

A Operação Arquivo X, 34ª fase da Lava Jato, que prendeu o ex-ministro Guido Mantega e realiza busca e apreensão de documentos na sede de uma das empresas de Eike Batista, cumpriu mandado de condução coercitiva contra Flavio Godinho, apontado como ex-braço-direito do executivo e atualmente vice-presidente de futebol do Flamengo.

Luis Eduardo Carneiro, ex-presidente da empresa OSX, que faz parte do conglomerado de Eike, também foi conduzido para prestar depoimento à PF.

As investigações apuram fraudes em um contrato para construção de duas plataformas encomendadas pela Petrobras, para exploração do pré-sal, em 2012.

A polícia investiga se teria havido pagamento de propinas durante as obras, envolvendo o esquema de corrupção na empresa petrolífera. As informações são da coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo.

Jornal Midiamax