Esportes

Campo-grandense Rafael Baby vence russo por ippon e enfrentará melhor do mundo

Rafael é última esperança de medalha no judô masculino

Norberto Liberator Publicado em 12/08/2016, às 13h33

None
rafael_silva_-_abr.jpg

Rafael é última esperança de medalha no judô masculino

O judoca Rafael Silva, o ‘Baby’, está nas quartas de final da categoria peso-pesado, após vencer o russo Renat Saidov nas oitavas da Rio2016. A vitória de Baby fez a torcida vibrar na Arena Carioca 2. O próximo desafio é contra o francês Teddy Riner, considerado melhor do mundo na atualidade.

Baby já enfrentou Riner sete vezes, mas não conseguiu vencer nenhuma. O atleta de MS é a última esperança de medalhas para o judô masculino do Brasil. Ele foi o primeiro peso-pesado a conquistar o pódio competindo pela delegação brasileira, em Londres2012.

Rafael tem 28 anos, nasceu em Campo Grande e passou a infância em Aquidauana, a 137 km da capital. Começou a lutar judô na adolescência, aos 15 anos, após anos se dedicando ao caratê. Além do bronze olímpico, Baby também já foi campeão pan-americano e vice-campeão mundial.

Jornal Midiamax