Esportes

Preparador de Anderson Silva crê em luta longa contra Diaz

Para quem gosta de ver Anderson Silva nocauteando adversários com rapidez, é melhor não ficar tão empolgado 

Clayton Neves Publicado em 30/01/2015, às 13h54

None
dsc02201.jpg

Para quem gosta de ver Anderson Silva nocauteando adversários com rapidez, é melhor não ficar tão empolgado 

Para quem gosta de ver Anderson Silva nocauteando adversários com rapidez, é melhor não ficar tão empolgado para o combate contra Nick Diaz no próximo sábado, na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Pelo menos é o que acredita Rogério Camões, principal preparador físico do brasileiro.

“O Anderson é um lutador prolongado, ou seja, vai crescendo com a luta, especificamente do segundo para o terceiro round. O rendimento dele é muito bom. Apesar de ser uma luta imprevisível, sabemos que o Diaz está um tempo parado e não está acostumado com duelos de cinco rounds. Acredito que eles vão se estudar, achar distância e se aquecerem. Então tudo leva a crer que será uma luta longa”, disse aoTerra.

Rogerão, como é conhecido no mundo MMA, disse ainda que a única diferença da preparação para essa luta foi o tempo necessário para a recuperação total da perna de Anderson Silva. “O que foi diferente foi que levamos um período de tempo maior em cima da lesão da perna. Foi longo, mas agora está totalmente recuperado”, contou.

Camões também revelou um estudo da forma com que Nick Diaz age no octógono. “Também fizemos uma preparação específica em cima das características do Nick. É um cara que usa muito bem o boxe, então o Anderson terá que se deslocar muito, usar as esquivas. Trabalhamos muito em cima dessa movimentação e do fortalecimento das pernas”, finalizou.

Jornal Midiamax