Polêmicas apimentam clássico entre Palmeiras e Corinthians neste domingo

A força dos dois clubes fez o dérbi deste domingo se tornar um duelo imperdível.
| 08/02/2015
- 15:13
Polêmicas apimentam clássico entre Palmeiras e Corinthians neste domingo

A força dos dois clubes fez o dérbi deste domingo se tornar um duelo imperdível.

 

O ainda trabalha para formar seu time após contratar um batalhão de reforços. Em meio a dois jogos de Copa Libertadores, o terá time misto e é apenas a terceira rodada do Campeonato Paulista. Mas esqueça tudo isso: a força dos dois clubes fez o dérbi deste domingo se tornar um duelo imperdível.

Às 17h, o remodelado Allianz Parque recebe o primeiro Palmeiras x Corinthians depois de 39 anos. Se não bastasse o ingrediente histórico, os dirigentes dos dois clubes também trataram de apimentar a disputa. Nos bastidores, o presidente Paulo Nobre convenceu a Federação Paulista a seguir recomendação do Ministério Público por torcida única. O que trataria de apimentar a rivalidade.

A Federação afirmou que não iria ceder à pressão do Corinthians. Mas, logo depois de Gobbi dizer que a equipe não jogaria o clássico, a FPF voltou atrás. A entidade sabia que a represália corintiana poderia ser muito maior. Por isso, cedeu 1800 ingressos aos visitantes.

Em sua entrevista, o corintiano revelou que Paulo Nobre telefonou para pedir licença para contratar Dudu, possivelmente o grande personagem do clássico neste domingo. Após acordar transferência ao Corinthians e flertar fortemente com o São Paulo, ele optou pelas cores alviverdes. Leandro Pereira, parceiro de ataque no Palmeiras, foi outro que esteve muito próximo do Parque São Jorge.

Praticamente certos no time de Oswaldo de Oliveira, eles terão a missão de vencer o primeiro dérbi em muito tempo. Desde agosto de 2011 o Palmeiras não consegue bater o Corinthians, em total de oito confrontos no período. Ainda sem Valdívia, Oswaldo vem de vitória sobre o Audax Osasco e derrota para a Ponte Preta. A tendência é que o time seja semelhante ao do último encontro, com o retorno de Zé Roberto.

Depois de brigar por seus torcedores, o Corinthians levará um time misto para o clássico. Mesmo com vantagem de 4 a 0 sobre o Once Caldas-COL no placar agregado, Tite não quer correr riscos na primeira fase da Copa Libertadores. Por isso, irá abdicar de Fagner, Felipe, Elias, Renato Augusto, Jadson e Emerson, segundo o treino de sábado. Guerrero e Fábio Santos, que não jogam na próxima quarta, reforçam o time misto.

 

Veja também

A Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul) oferece 1.215 vagas de emprego...

Últimas notícias