Esportes

“Nem vou dormir”, afirma Tite na coletiva pós-eliminação

Mesmo com eliminação nos pênaltis, Corinthians segue invicto na Arena 

Midiamax Publicado em 20/04/2015, às 00h41

None
14tite_dormir.jpg

Mesmo com eliminação nos pênaltis, Corinthians segue invicto na Arena 

Tite fez questão de, antes de responder qualquer pergunta, parar para elogiar o Palmeiras, Oswaldo de Oliveira e a qualidade do clássico disputado neste domingo (19) na Arena Corinthians. O treinador, no entanto, não conseguiu esconder sua insatisfação com o regulamento do Campeonato Paulista. 

O Palmeiras eliminou o Corinthians nos pênaltis após o empate por 2 a 2 no tempo normal. Os corintianos deixaram a competição invictos.

Em várias respostas que o tema não era nem questionado, o comandante fez questão de ressaltar que não concordava com aquilo que foi assinado por todas as equipes no início do ano. Depois das críticas, fazia questão de elogiar seu rival.

“Não queria ter esse tempo de descanso até a Libertadores, queria estar na final. Entendia que toda a campanha dessa equipe era vencedora. Mas o regulamento é dessa forma. Enalteci o trabalho do Palmeiras. Demorei para vir porque ficamos lambendo as feridas lá dentro do vestiário. Saímos invictos da competição. Tivemos um dia para preparar essa equipe, porque o outro era de juntar os cacos da quinta-feira. Tentamos o que estava ao nosso alcance e entendemos que merecíamos estar na final”, afirmou comandante.

“Foi um grande clássico. Digno das tradições desses dois times”, completou.

Depois de criticar, Tite aproveitou uma pergunta para dar uma sugestão para a mudança do regulamento da competição e adiantou que, dificilmente, vai conseguir dormir na noite deste domingo.

“O ideal era ter dois jogos nesta fase, para dar uma vantagem maior a quem é mandante. Dá dois jogos! O último na sua casa. Senão vira meio loteria, um jogo só, pode ser um dia ruim, um erro de arbitragem. Se é um jogo só, o empate é de quem faz a melhor campanha. Aí você vai lutar durante o campeonato para querer essa vantagem. É injusto sair desclassificado invicto. Vou ficar sem dormir a noite toda, sou humano”, finalizou.

Agora, o Corinthians volta a treinar na tarde desta segunda-feira já pensando no São Paulo, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Uma vitória pode eliminar o time do Morumbi da competição sul-americana.

Jornal Midiamax