Esportes

Náutico vence com tranquilidade e segue na perseguição ao G4

O Santa foi à 57 pontos enquanto o Náutico foi à 55 

Diego Alves Publicado em 07/11/2015, às 21h59

None
nauticoaldocarneirocostagazeta.jpg

O Santa foi à 57 pontos enquanto o Náutico foi à 55 

Neste sábado, Náutico e Paraná se enfrentaram na Arena Pernambuco pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e, precisando da vitória para tentar entrar no G4, o Timbu venceu com tranquilidade por 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Rafael Pereira e Daniel Morais.

Apesar de o Timbu ter feito sua parte com um trinfo tranquilo, o Alvirrubro não conseguiu chegar ao G4. Isso porque o Santa Cruz, que jogou no mesmo horário, venceu o Bahia, de virada, por 2 a 1 na Fonte Nova. Assim, o Santa foi à 57 pontos enquanto o Náutico foi à 55 e segue vivo na luta para subir à Série A.

Na próxima rodada, o Náutico visita o Macaé, terça-feira (10), no Estádio Moacyrzão, às 19h (de Brasília). Já o Paraná atua mais uma vez fora de casa e enfrenta o CRB, também na terça-feira, no Estádio Rei Pelé, às 21h30 (de Brasília). Ambos os duelos são válidos pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O jogo

A partida começou muito truncada e com a bola presa no meio de campo. Entretanto, apesar de a primeira chance real de gol ter acontecido apenas aos 14 minutos, foi o suficiente para que o placar fosse aberto na Arena Pernambuco.

Guilherme Biteco cobrou falta do lado direito do ataque e Rafael Pereira, sozinho, cabeceou cruzado, no chão, para colocar o Náutico à frente no placar. Foi a primeira oportunidade de gol no jogo e já terminou no fundo das redes.

Aos 23, Gaston chutou de fora da área e obrigou o goleiro Marcos a fazer uma boa defesa. Porém, três minutos depois o arqueiro nada pôde fazer quando Daniel Morais recebeu lançamento perfeito pela direita e cabeceou bem para fazer 2 a 0 Timbu.

Ainda houve tempo para, aos 45 minutos, o Náutico quase chegar ao terceiro gol. Hiltinho tocou a bola para Rafael Pereira, que chutou de primeira e quase fez um belo gol.

Na segunda etapa, as duas equipes não conseguiram produzir chances de gol muito por conta do excessivo número de faltas. Além de o técnico Fernando Miguel ter sido expulso, em apenas 30 minutos, seis atletas receberam cartões amarelos. Pelo Náutico, Ronaldo Alves, Marino e Daniel Morais foram amarelos, e Luciano Castán, Fernandes e Luiz Felipe pelo lado paranista.

Somente aos 35 minutos uma das equipes conseguiu levar perigo com seu ataque. Depois de uma boa troca de passes no meio campo, Bergson chutou de fora da área, mas a bola foi para fora, levando perigo ao gol de Marcos.

Náutico 2 x 0 Paraná

Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE)

Data: 07 de novembro de 2015, sábado

Horário: 17h30 (de Brasília)

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

Assistentes: Evandro Gomes Ferreira (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Público Total: 8,818

Renda da Partida: 146,360

Cartões amarelos: Ronaldo Alves, Mariano e Daniel Morais (NAU); Luiz Felipe, Luciano Castán, Fernandes e Carlão (PAR)

Gols : Rafael Pereira, aos e Daniel Morais, aos 27 minutos do primeiro

Náutico: Júlio César; Rafael Pereira, Fabiano Eller, Ronaldo Alves e Gaston Figueira; João Ananias (Mariano), Jackson Caucaia e Biteco (Douglas); Hiltinho, Bergson e Daniel Morais (Fillipe Soutto). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Paraná: Marcos, Anderson Uchôa, Luiz Felipe, Luciano Castán e Fernandes; Jean, Éder (Paulo Henrique), Rosinei (Thiaguinho) e Rafael Costa; Henrique e Carlão (Lucas Pará). Técnico: Fernando Miguel

Jornal Midiamax