Esportes

Inter sai na frente do Tigres e fica a um empate de final da Libertadores

Os mexicanos tentarão ao menos uma vitória 

Diego Alves Publicado em 16/07/2015, às 01h58

None
valdivia.jpg

Os mexicanos tentarão ao menos uma vitória 

O Internacional está perto de retornar à final da Copa Libertadores . Na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, a equipe do técnico Javier Aguirre derrotou o Tigres por 2 a 1 e pode avançar à decisão com um empate no jogo de volta, que acontece no México, na próxima semana. Por outro lado, os mexicanos tentarão ao menos uma vitória por 1 a 0 para conseguir a classificação.

O Inter foi à final da Libertadores pela última vez em 2010, quando foi campeão em decisão contra o Chivas. Antes disso, superou o São Paulo em 2006, conquistando seu primeiro título sul-americano.

O primeiro tempo foi bastante movimentado, digno de um grande jogo de Libertadores. O Inter abriu o placar logo aos 4min, quando D’Alessandro tomou a bola na intermediária e bateu firme no canto esquerdo do goleiro Guzmán. Cinco minutos depois, Valdivia ampliou em chute prensado que encobriu o arqueiro adversário.

Os dois gols foram a deixa para que o Beira-Rio explodisse em êxtase, mas as coisas não seguiram tão simples assim. Aos 23min, Rafael Sobis cruzou pela direita e encontrou Ayala, que descontou no marcador de cabeça. Isto animou o Tigres, que passou a atacar mais e assustar o gol de Alisson.

O jogo seguiu movimentado depois do intervalo, e o time mexicano ganhou um banho de água fria aos 10min, quando Ayala recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com a superioridade, o Inter passou a atacar mais, enquanto o Tigres buscava gastar o tempo. O time colorado atacou até o final, mas ficou com a vantagem mínima.

Jornal Midiamax