Esportes

Heroico! Flu pega pênalti e vira sobre Goiás com um a menos

Time carioca teve Gum expulso e penalidade contra no 2º tempo

Midiamax Publicado em 28/06/2015, às 21h20

None
wagnergoiasxfluminenseadalbertomarques-agifgazeta.jpg

Time carioca teve Gum expulso e penalidade contra no 2º tempo

O Fluminense voltou a honrar o apelido de “Time de Guerreiros” neste domingo, no Serra Dourada. Depois de sair atrás do Goiás e conseguir o empate, perdeu Gum expulso e viu a equipe da casa ter um pênalti no segundo tempo. Derrota na certa, né? Não. Diego Cavalieri frustrou a cobrança de Felipe Menezes, e, incrivelmente, o time carioca arrancou a virada logo na sequência.

Não é mentira! O Fluminense foi heroico e venceu por 2 a 1 o jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro . A equipe tricolor ainda encerrou o confronto com nove jogadores em campo, já que Vinícius sentiu lesão, e Enderson Moreira já havia feito as três substituições. Foi na raça! Confira como foi a partida em detalhes aqui .

O triunfo levou o time carioca à terceira posição e aos 17 pontos, a apenas dois do líder, Sport . Por outro lado, a derrota traumática aumentou a má fase da equipe do Centro-Oeste brasileiro, que estacionou na 15ª posição e nos nove pontos. Goiás e Fluminense voltam a campo na próxima quinta-feira. Às 19h30, o time esmeraldino pega o Figueirense , fora de casa. Já às 21h, a equipe tricolor recebe o Santos .

Goiás e Fluminense entraram em campo com propostas bem distintas neste domingo, no Serra Dourada. Enquanto o time carioca prezava pela manutenção da posse de bola, os mandantes apostavam na velocidade e objetividade. E isso se refletiu perfeitamente no primeiro tempo.

Se o Flu ficou 60% do tempo com a bola nos pés, o Goiás foi mais perigoso. Bruno Henrique e Érik infernizaram a retaguarda carioca, mas foi após lindo passe de Lineker em contragolpe fulminante que o jovem atacante camisa 11 abriu o placar. Diego Cavalieri demorou para sair do gol e teve que buscar a redonda no fundo das redes.

O segundo tempo foi mais movimentado. O time carioca empatou logo no início com Wagner e conseguiu uma virada incrível aos 15min, com Edson. A incredulidade se deu porque o Goiás teve uma chance de ouro de empatar um pouco antes: Gum foi expulso ao colocar a mão na bola e impedir gol de Érik, mas Felipe Menezes desperdiçou pênalti, defendido por Diego Cavalieri.

Aí, não teve jeito. O Goiás pressionou, viu os rivais perderem mais um jogador aos 35min (Vinicius sentiu lesão no tornozelo, e Enderson Moreira já havia feito as três substituições), mas não conseguiu superar o Fluminense. O time tricolor do Rio de Janeiro voltou a provar que nada é impossível.

Jornal Midiamax