Hamilton vence abertura da F1 com Massa em 4º e Nasr em 5º

Campeão em 2014, Hamilton começa dominando a temporada e faz dobradinha da Mercedes com Rosberg
| 15/03/2015
- 15:54
Hamilton vence abertura da F1 com Massa em 4º e Nasr em 5º

Campeão em 2014, Hamilton começa dominando a temporada e faz dobradinha da Mercedes com Rosberg

O britânico Lewis Hamilton começou a temporada de 2015 da da mesma forma que encerrou a anterior: vencendo. O piloto da Mercedes, bicampeão mundial da categoria, conquistou neste domingo o Grande Prêmio da Austrália da categoria, em uma prova com boa participação de Felipe Massa, quarto, e excelente estreia de Felipe Nasr, o quinto.

A segunda colocação em Melbourne foi do alemão Nico Rosberg, companheiro de Lewis Hamilton na equipe Mercedes. O filho de Keke Rosberg, no entanto, pouco ameaçou o britânico bicampeão da categoria durante a corrida e precisou se contentar com um lugar no pódio, que também teve Sebastian Vettel.

O alemão agora na Ferrari levou a melhor sobre o brasileiro Felipe Massa, que largou em terceiro. O piloto paulista manteve o posto durante o primeiro trecho da corrida, mas perdeu o lugar nos boxes para Vettel e não conseguiu mais acompanhar o ritmo do tetracampeão mundial.

Atrás de Massa em Melbourne ficou o também brasileiro Felipe Nasr, que fez excelente estreia na categoria de elite do automobilismo mundial. O brasiliense da Sauber largou em décimo e na primeira curva pulou para sexto. Na relargada da quarta volta, foi a quinto.

Destaque da corrida na Austrália, ele segurou concorrentes de peso como Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen no primeiro trecho de prova e recebeu a bandeira quadriculada na quinta posição, a melhor estreia de um piloto brasileiro na história da Fórmula 1.

Daniel Ricciardo foi o sexto, à frente de Nico Hulkenberg, Marcus Ercisson, Carlos Sainz Jr. e Sergio Pérez, que completaram os dez primeiros colocados. O britânico Jenson Button foi o 11º e último colocado com a McLaren, o único fora da zona de pontuação.

A corrida em Melbourne neste domingo teve apenas 15 carros. Valtteri Bottas, companheiro de Felipe Massa na Williams, ficou de fora da prova por causa de uma lesão nas costas que o atrapalhou já no treino classificatório. Kevin Magnussen e Daniil Kvyat, da McLaren e Red Bull, ficaram parados no caminho entre os boxes e o grid com problemas em seus carros.

O piloto da McLaren, que substituía o espanhol Fernando Alonso, acidentado na pré-temporada em Barcelona, viu o motor de seu carro estourar. Já o russo sofreu uma quebra de câmbio e não chegou a fazer sua estreia pela Red Bull.

A segunda etapa do calendário da Fórmula 1 é o Grande Prêmio da Malásia, em 29 de março, provavelmente com 20 pilotos no grid. Além dos ausentes de Williams, McLaren e Red Bull, a prova em Sepang deve ter a estreia dos dois pilotos da Manor Marussia, que não conseguiu aprontar seu carro a tempo para a corrida na Austrália.

A prova

A quantidade de carros na prova em Melbourne ficou ainda menor já na volta inicial. Na primeira curva, o venezuelano Pastor Maldonado rodou após ser tocado em briga por posições com Felipe Nasr e foi parar no muro de proteção, causando a entrada do safety car. Seu companheiro de Lotus, Romain Grosjean também abandonou.

Nasr tocou em Maldonado ao tentar desviar de Kimi Raikkonen, que errou a tomada da primeira curva e retornava à pista. O piloto brasiliense aproveitou a confusão na largada e pulou para a sexta colocação. Lewis Hamilton sustentou a ponta, seguido por Nico Rosberg, Felipe Massa, Sebastian Vettel e Carlos Sainz Jr.

Na relargada na quarta volta, Nasr conseguiu a ultrapassagem para assumir a quinta posição já em sua primeira corrida na Fórmula 1. As Mercedes precisaram de apenas um giro para disparar na frente, brigando entre si pela ponta e deixar o restante do pelotão em outra disputa.

Dos que brigavam por um lugar no pódio, o brasileiro Felipe Massa foi o primeiro a parar nos boxes para troca de pneus, na 22ª volta. Ele voltou à pista na sexta colocação, logo atrás do australiano Daniel Ricciardo. O brasileiro precisou de apenas um giro para pular para quinto, com a parada do piloto local, mas acabou perdendo tempo precioso em relação a Vettel, que ganhou nos boxes a posição.

Os pit stops de Massa e Vettel deram a Nasr a terceira colocação provisória de sua corrida de estreia. O brasileiro da Sauber foi aos boxes na 26ª volta, uma depois de Lewis Hamilton, e retornou à pista em oitavo.

Com os pneus médios nos carros, o alemão da Ferrari teve desempenho melhor do que o brasileiro da Williams e aos poucos foi abrindo vantagem na terceira posição. Kimi Raikkonen, que fazia prova com estratégia diferente dos demais, ficou pelo caminho na 42ª volta, logo após voltar de sua segunda parada nos boxes na quinta posição. Uma das rodas de seu carro não foi afixada corretamente durante a troca de pneus.

O carro de Felipe Massa começou a render melhor do que o de Vettel nas 15 voltas finais, dando esperanças ao brasileiro. O piloto da Williams aumentou o ritmo tentando buscar um lugar no pódio, mas não foi o suficiente. Hamilton foi o primeiro a receber a bandeira quadriculada, seguido por Rosberg, Vettel, Massa e Nasr.

 

Veja também

A partida era válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo

Últimas notícias