Esportes

Hamilton é criticado por jogar champanhe na cara de hostess

Nas redes sociais, houve também quem defendesse Hamilton

Gerciane Alves Publicado em 14/04/2015, às 12h12

None
hamilton.jpg

Nas redes sociais, houve também quem defendesse Hamilton

Não pegou bem a decisão de Lewis Hamilton de comemorar sua vitória no último Grande Prêmio da China jogando champanhe direto no rosto de uma hostess – uma das mulheres que recebem os pilotos no pódio após a prova. No Twitter, o britânico recebeu uma chuva de críticas, com internautas dizendo que ele foi desde “egoísta” até “sem consideração” e “ignorante”.

Um grupo que faz campanha contra o sexismo na mídia, o Object, foi um dos críticos mais duros do bicampeão mundial de Fórmula 1 , afirmando que ele deveria pedir desculpas por “direcionar deliberadamente” o jato de champanhe contra o rosto da mulher.

“É óbvio que ela não estava gostando da brincadeira”, disse Roz Hardie, chefe executiva do Object, ao jornal Daily Mail. “Ela não tinha muita opção senão ficar parada e aceitar, mas me parece que ele abusou. É uma pena que uma grande vitória tenha sido manchada por um comportamento egoísta”.

Nas redes sociais, houve também quem defendesse Hamilton. “Posso pensar em piores coisas no trabalho do que receber champanhe no rosto de Lewis Hamilton”, escreveu um internauta. A maioria dos comentários, porém, foram negativos.

Essa não foi a primeira vez que Hamilton comemorou jogando champanhe no rosto de uma grid girl. No ano passado, após ganhar o GP da Espanha, ele fez o mesmo. O piloto está solteiro desde que se separou, em fevereiro, da cantora Nicole Scherzinger, ex-líder do grupo Pussycat Dolls.

Jornal Midiamax