Esportes

Comercial e Ivinhema empatam sem gols na abertura da final do Estadual

No segundo tempo, as chances de gol ficaram para os minutos finais

Diego Alves Publicado em 27/04/2015, às 01h37

None
553d6ccd31df0559e353f22c5687809ad422f735298ff.jpg

No segundo tempo, as chances de gol ficaram para os minutos finais

Terminou sem vencedores o primeiro jogo da final do Campeonato Sul-Mato-Grossense. Na tarde deste domingo, no Estádio Jacques da Luz, Comercial e Ivinhema ficaram no 0 a 0 em uma partida de poucas oportunidades e marcada pela atuação dos dois goleiros, principalmente no segundo tempo. A disputa agora vai para o Estádio Saraivão, no próximo fim de semana. Quase 3 mil torcedores estiveram nas Moreninhas, mas destes 1706 pagaram ingresso, para renda de R$ 11865,00.

Com os dois times bem postados defensivamente, as jogadas de ataque se limitaram nos primeiros minutos às bolas paradas, principalmente em escanteios. Depois as faltas também aconteceram. Aos 15 minutos, Carlos Júnior foi derrubado próximo à área e Jaime, em jogada ensaida, bateu com perigo, mas para fora. Depois, aos 23, foi a vez do Comercial, com Rodolfo, ficar perto do gol em uma cobrança de falta, mas o chute do lateral, que procurava o ângulo direito do goleiro Paulo Vitor, foi para fora, levantando o torcedor vermelho. Quatro minutos depois, nova falta para Rodolfo cobrar. A bola bateu na barreira e sobrou para Matheus pela direita bater e Paulo Vitor fazer boa defesa.

O Ivinhema desperdiçou boa oportunidade aos 30 minutos, em lance que começou com vacilo de Ramer na saída de bola. Agnaldo avançou e tinha Dieguinho de um lado e Carlos Júnior do outro como opções, mas preferiu o tiro direto e mandou para fora. Pouco depois, nova falta para o Comercial, Rodolfo bateu na área, Van Basty errou o cabeceio e quase engana Paulo Vitor que defendeu com dificuldade. Para fechar o primeiro tempo, Jeferson Paulista recebeu próximo à área, se livrou da marcação, mas o chute, com perigo, foi para fora.

No segundo tempo, as chances de gol ficaram para os minutos finais e apareceram os goleiros. Aos 23, Carlos Júnior cobrou falta perigosa para bela defesa de Martins. O goleiro comercialino apareceu de novo dez minutos depois em chute perigoso de Lucas Tocantins que ele jogou para escanteio.

Depois foi a vez de Paulo Vitor ser destaque. Aos 37, o lateral Rodolfo chegou pela direita e cruzou para Jeferson Tanque no segundo pau. O atacante subiu e fez cabeceio certeiro no canto para o goleiro do Ivinhema fazer bela defesa, jogando a bola para fora. Na cobrança de escanteio de Matheus, a bola cruzou a área e chegou em Rafael que quase marcou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. O Comercial ainda tentou até o último lance do jogo marcar o gol que inverteria a vantagem. Aos 48, Rodolfo cobrou falta pelo lado esquerdo, a bola ficou pipocando na área até o chute de Luan, mas a bola bateu na zaga e facilitou a defesa de Paulo Vitor, que terminou a partida com a bola nas mãos.

O jogo de volta, no Estádio Saraivão, acontece no próximo domingo (3/05), às 15h. Com melhor campanha até agora que o adversário (26 pontos contra 21), o Ivinhema fica com o título em caso de novo empate, já o Comercial precisa reverter a vantagem na casa do adversário para ser o campeão.

Ficha Técnica

Final Campeonato Estadual 2015

Estádio Jacques da Luz – Campo Grande

Arbitragem: Erlanderson Martinez, auxiliado por Vanessa Abreu de Amaral e Leandro dos Santos Ruberdo

Cartões Amarelos: Erik (Comercial); Agnaldo e Carlos Júnior (Ivinhema)

Comercial: Martins; Rodolfo, Rafael, Magno e Ramer; Van Basty, Léo Colman, Jeferson Paulista (Luan) e Matheus; Jeferson Tanque e Erik (Alê). Técnico: Gilmar Calonga

Ivinhema: Paulo Vitor; Diego, Jaime, Natan e Neto; Pedrinho, Igor Pimentel (Vitor), Lucas Tocantins e Agnaldo (Joel); Carlos Junior e Dieguinho (Erick). Técnico: Douglas Ricardo

Jornal Midiamax