Esportes

Com lesão, Cielo está fora do Mundial antes dos 50 m livre

O problema do atleta é uma lesão de tendão no ombro esquerdo

Clayton Neves Publicado em 05/08/2015, às 12h07

None
cesarcielokazansatirosodresspress.jpg

O problema do atleta é uma lesão de tendão no ombro esquerdo

A um ano da Olimpíada de 2016, a natação brasileira recebeu uma notícia ruim: Cesar Cielo, principal nome do País no esporte, está fora do Mundial de Esportes Aquáticos e não participará da prova dos 50 m livre, na qual é tricampeão mundial e campeão olímpico. De acordo com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), o problema do atleta é uma lesão de tendão no ombro esquerdo.

“Essa lesão foi evoluindo à medida que ele nadava”, disse Gustavo Magliocca, médico da equipe brasileira de natação. “Ontem (terça-feira), tivemos 24 horas de repouso e pudemos observar melhor a evolução da lesão. Optamos em fazer um ultrassom do ombro, que mostrou que o processo inflamatório era maior e um pouquinho mais avançado do que a gente imaginava, acrescentando outros diagnósticos à hipótese inicial médica”.

“Considerando o estado físico dele, o pouco tempo que tínhamos aqui e, principalmente, o foco nos Jogos Olímpicos Rio 2016 , optamos pelo corte neste momento para preservá-lo e iniciar o mais rápido possível a reabilitação desse ombro”, continuou o médico.

Com dores constantes no ombro, Cielo não conseguiu defender o bicampeonato mundial nos 50 m borboleta, terminando a final na sexta colocação em Kazan. Agora, o Brasil será representado nos 50 m livre apenas por Bruno Fratus, que conta com excelentes resultados recentes. As eliminatórias para a prova mais rápida da natação começam nesta sexta-feira na Rússia.

Jornal Midiamax