Esportes

Anderson Silva sela paz com Chael Sonnen

Antigos desafetos trocam elogios na TV

Midiamax Publicado em 02/02/2015, às 23h07

None
20150202105009279810a.jpg

Antigos desafetos trocam elogios na TV

A rivalidade entre Anderson Silva e Chael Sonnen, uma das maiores da história das artes marciais mistas foi, definitivamente, encerrada. Depois de vencer Nick Diaz na luta principal do UFC 183, Spider concedeu entrevista ao programa Sportscenter, da ESPN norte-americana, emissora na qual Sonnen trabalha como comentarista. Os antigos desafetos trocaram elogios e selaram o clima de paz após protagonizarem duelos marcados por provocações e insultos no passado. 

Aposentado depois de problemas com a Comissão de Nevada envolvendo doping, Chael Sonnen fez questão de ressaltar a atuação de Anderson Silva no retorno ao octógono e afirmou que o resultado representou uma vitória para a antiga geração do MMA. 

“Fiquei surpreendido de ver você se movimentando muito bem na luta. Queria dizer que foi muito inspirador. Acredito que você venceu uma luta por nós todos, os mais velhos. Gostaria de dizer muito obrigado”, comentou. 

Anderson Silva apertou a mão do antigo rival e o apontou como responsável pela ascensão na vida e no esporte. ”Eu tenho que te agradecer, cara. Obrigado. Você é parte deste esporte. As pessoas precisam te respeitar. Eu também devo te respeitar, porque você mudou tudo na minha vida. Eu te agradeço. Você mudou tudo. Você foi a melhor luta que tive no UFC”, destacou. 

Anderson Silva e Chael Sonnen se enfrentaram pelo cinturão dos médios em duas oportunidades. No primeiro duelo, no UFC 117, em 2010, o norte-americano surpreendeu o então campeão, foi superior no octógono até a metade do último round, mas acabou finalizado com um triângulo. Na revanche, com clima de rivalidade ainda mais alto devido às incessantes provocações de Sonnen, o Spider voltou a levar a melhor, vencendo o combate no UFC 148, em 2012, por nocaute técnico, no segundo round.

Jornal Midiamax