Esportes

Anderson Silva divulga nota e nega uso de anabolizantes: ‘Sou defensor do esporte limpo’

Spider declara que vai lutar para limpar o seu nome da acusação de doping

Clayton Neves Publicado em 05/02/2015, às 11h21

None
20150204211152716496i.jpg

Spider declara que vai lutar para limpar o seu nome da acusação de doping

Anderson Silva se pronunciou pela primeira vez sobre o caso de doping antes da luta contra Nick Diaz no UFC 183, no último fim de semana. Em comunicado ao site MMA Junkie, o Spider, flagrado com os anabolizantes drostanolona e androsterona em exame antidoping realizado em 9 de janeiro, negou o uso de qualquer substância proibida.

Anderson Silva, de 39 anos, se pronunciou em comunicado enviado por um de seus empresários, Jorge Guimarães. O Spider ressaltou que passou por vários testes e que nunca foi pego no doping. E negou o uso de substâncias proibidas antes da luta que marcou o seu retorno depois de 13 meses afastado.

Confira o comunicado de Anderson ao MMA Junkie

“Eu tenho competido neste esporte por muito tempo, desde minha luta no UFC 19. Eu já fui testado várias vezes e nunca tive um resultado positivo para drogas.

Eu não usei qualquer tipo de substâncias dopantes. Minhas posições sobre drogas são e sempre serão as mesmas. Eu sou um defensor do esporte limpo.

Eu estou consultando meus representantes agora para explorar todas as minhas opções e pretendo lutar por esta alegação e limpar o meu nome. Eu não vou fazer mais comentários até que minha equipe me aconselhe a fazer isso.”

Jornal Midiamax