Especial

'Melhor marca da carreira', celebra campo-grandense Leo de Deus após final olímpica

Nadador ficou em 6º lugar na prova dos 200 metros borboleta

Aliny Mary Dias Publicado em 28/07/2021, às 13h48

Leo de Deus fez a melhor atuação da carreira
Leo de Deus fez a melhor atuação da carreira - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

O nadador campo-grandense Leonardo de Deus foi 6º colocado na final olímpica do nado borboleta 200 metros, na noite desta terça-feira (27), em Tóquio, no Japão. Nesta manhã, no horário do Brasil, horas após a prova, o atleta comentou nas redes sociais sobre o melhor desempenho da sua carreira e também do esporte olímpico na categoria do nado borboleta.

Leo se classificou entre os oito melhores da competição após conquistar o melhor tempo de sua carreira. Na final, o campo-grandense ficou em 6º lugar com o tempo de 1m55s19. O vencedor da prova foi o favorito Kristof Milak, da Hungria com o tempo de 1m51s25.

Em postagem nas redes sociais, Leo, que tem 30 anos, relembrou suas participações olímpicas nas Olimpíadas de Londres e do Rio, em 2016, quando ficou nas semifinais. Do outro lado do mundo, o nadador comemorou sua melhor marca da carreira.

"Melhor colocação dos 200 borboleta na história da natação brasileira em Jogos Olímpicos! Uma lição, NUNCA DESISTAM!!! A medalha não veio mas um sentimento mágico e indescritível de ser o meu melhor me transforma em um vencedor!!! Obrigado Brasil, família, amigos, staff, patrocinadores… espero ter orgulhado cada um de vocês!!!!".

Por fim, o atleta falou sobre o futuro, deixando em aberto participação nos próximos Jogos Olímpicos, em Paris. "Podem ter certeza, vai ser difícil até parecer impossível, mas a minha perseverança vai longe!!! O que esperar de Paris 2024???". 

De CG para o mundo

Leo de Deus, como é conhecido no esporte, começou na natação competitiva em 2002, no Clube do Remo, em Belém, no Pará, aos 11 anos. Rapidamente alcançou pódios em todas as competições do eixo Norte-Nordeste.

Com intuito de profissionalizar ainda mais, em 2004, teve a oportunidade de treinar na AABB (Associação Atlética Banco do Brasil), em Brasília, com o técnico Hugo Lobo Filho. Teve destaques em todas as competições nacionais e internacionais nas categorias de base e posteriormente como integrante do Minas Tênis Clube, de 2008 a 2009.

Hoje, Leo faz parte do time da Unisanta, clube em que fez história com a conquista do tri-campeonato nos 200m borboleta no Campeonato Pan-Americano de Lima, em 2019, sendo um dos únicos atletas individuais ao feito na história do campeonato.

Jornal Midiamax