Especial

‘Cães bombeiros’ vão participar de projeto que leva terapia a idosos com Alzehimer

Estudos já demonstraram que o contato com os cães traz benefícios

Wendy Tonhati Publicado em 20/01/2016, às 14h13

None
captura_de_tela_de_2016-01-20_104256.jpg

Estudos já demonstraram que o contato com os cães traz benefícios

Os 'cães bombeiros' Kauê e Airon, do  6º Grupamento de Bombeiros Militar em Campo Grande vão participar pela primeira vez de um projeto de terapia assistida com cachorros para idosos com Alzehimer e Doença de Parkinson.

No próximo sábado (23), os dois cães da raça Golden Retriever tem um encontro marcado com os idosos da Casa de Repouso para Idosos Santa Ana, em Campo Grande. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os animais fazem parte do projeto “Cão Herói, Cão Amigo” e foram treinados para exercer esse tipo de atividade.

O cão de terapia não pode morder ou assustar-se com barulhos e movimentos bruscos, não pode reagir em casos de tapas, puxões e gritos, sendo totalmente dóceis e devendo estar em dia com vacinação, higienização e atestado médico. 'Cães bombeiros' vão participar de projeto que leva terapia a idosos com Alzehimer

Segundo os bombeiros, estudos já demonstraram que o contato com os cães traz benefícios àqueles que recebem. Também contribui no controle da pressão arterial, estimulando a memória e o cognitivo, auxiliando na comunicação, produzindo sentimento de bem estar, segurança, alegria, relaxamento e motivação, reduzindo a sensação de isolamento e a ansiedade chegando até a quebrar o tédio e o processo depressivo.

O projeto de “Cão Herói, Cão Amigo” teve início em 2012 com o objetivo de auxiliar no tratamento e melhora da qualidade de vida para crianças com necessidades especiais.

Jornal Midiamax