Fundect abre chamada pública para conceder bolsas de mestrado e doutorado

Estão sendo oferecidas bolsas para incentivar ciência, tecnologia e inovação, bioeconomia e biotecnologia
| 07/02/2022
- 14:12
Fundect
(Foto: Divulgação/Governo do Estado)

Com foco na ciência e tecnologia, a (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de MS) abre, nesta terça-feira (8), a chamada pública para bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado a pesquisadores vinculados ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Bioinspiração (INCT-Bioinspir).

O investimento será de R$ 936 mil, sendo concedidas 12 bolsas: três para mestrado, no valor de R$ 1,5 mil para 24 meses; três para dourados, com 36 meses e R$ 2,2 mil em bolsas; e seis para pós-doutorado, com R$ 4,1 mil em 24 meses. Em nenhuma hipótese haverá substituição de bolsista.

A primeira fase é o cadastramento da proposta no SigFundect, que segue aberta até o dia 22 de fevereiro. Depois haverá a indicação dos bolsistas pelos coordenadores dos projetos de 23 a 28 de fevereiro e, por fim, a entrega de documentos na Fundect para implementar a bolsa, em 18 de março. Em abril começa a valer os contratos.

O coordenador do projeto deve enviar a proposta de pesquisa, de forma exclusiva pelo SigFundect, no prazo estabelecido. O bolsista contemplado precisa residir em , estar matriculado em curso de mestrado/doutorado e ser vinculado ao INCT-Bloinspir. Também deve se dedicar de forma integral as atividades de pesquisa e ensino e não acumular com outra bolsa da Fundect ou entidade semelhante. Mais detalhes no Diário Oficial do Estado.

Atuação

O INCT-Bioinspir tem como principais áreas de atuação a bioeconomia e biotecnologia. A sua principal missão é buscar produtos no bioma Pantanal, para incremento e qualidade da produção de proteína animal, sendo responsável por colocar Mato Grosso do Sul na posição de pioneira em pesquisa voltada a biotecnologia agropecuária.

Além da geração de produtos, o instituto tem como um dos objetivos fortalecer os inúmeros cursos de pós-graduação, assim como a relação direta das universidades e empresas, que vão contribuir para formação dos profissionais na região Centro-Oeste. 

O objetivo é contribuir com o desenvolvimento científico de Mato Grosso do Sul, para aumentar a produtividade de importantes cadeias com base na ciência, tecnologia e inovação, com foco na bioeconomia e biotecnologia.

(Com informações da assessoria)

Veja também

A Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul) oferece 1.023 vagas de emprego...

Últimas notícias