Cotidiano / Emprego & Concurso

Projeto quer estender até 55 a idade de candidatos para concurso da Polícia em MS

Projeto é de Maurício Picarelli

Evelin Cáceres Publicado em 28/06/2017, às 14h14

None

Projeto é de Maurício Picarelli

O aumento da expectativa de vida, avanços na Medicina e até mesmo o vigor do próprio deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB) foram as justificativas do parlamentar para apresentar um projeto de lei nesta quarta-feira (28) que estenda até os 55 anos a idade para quem quiser concorrer a cargos na Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.Projeto quer estender até 55 a idade de candidatos para concurso da Polícia em MS

Na prática, o projeto aumenta em dez anos a possibilidade de as pessoas concorrerem a uma vaga na Polícia Civil, já que hoje a idade máxima permitida é de 45 anos. “Existem pessoas de 46, 47 aptas, então por que limitar? Eu tenho 70 anos e estou firme e forte”, brincou o parlamentar.

O projeto foi apresentado no ano passado, mas foi rejeitado pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), que entendeu que a iniciativa era inconstitucional.

“Nós vamos reapresentar o projeto porque ampliamos a pesquisa por jurisprudência que validam a medida”, justificou Picarelli. Se aprovada, a medida passaria a vigorar em um outro concurso da Polícia, e não no vigente.

Concurso

O governo do Estado publicou nesta quinta-feira (8) os editais do concurso público para a Polícia Civil, anunciado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nesta quarta-feira (7). As remunerações são de R$ 3.888,26 para os cargos de agente de polícia judiciária e R$ 14.978,26 para os cargos de delegado de polícia.

São 210 vagas divididas entre as funções de escrivão de polícia judiciária (100 vagas), investigador da polícia judiciária (80 vagas) e delegado de polícia (30 vagas).

O concurso foi dividido em dois editais, um voltado para os cargos de delegado de polícia e o outro para os cargos de agente de polícia judiciária.

Jornal Midiamax