Cotidiano / Emprego & Concurso

MS teve mais de 11 mil vagas de trabalho fechadas em um ano, segundo Caged

Comércio foi segmento com maior saldo negativo

Midiamax Publicado em 26/02/2016, às 19h41

None
download.jpg

Comércio foi segmento com maior saldo negativo

Mato Grosso do Sul fechou em um ano 11.249 vagas de trabalho, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta sexta-feira (26), pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Segundo o levantamento, em janeiro o saldo negativo foi de 163 vagas, uma diminuição de 0,03% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior. Os setores de atividade econômica com maior número de desempregados foram: Comércio (505 postos a menos) e Indústria de Transformação, onde 125 perderam os postos de trabalho.

Construção Civil foi o segmento que mais contratou, um total de 345 vagas. Na sequência, Serviços, com aumento de 191 vagas criadas. Agropecuária foi único setor que se manteve com o mesmo número de funcionários com carteiras assinadas.

Cidades

Campo Grande foi a cidade que mais demitiu. Ao todo, 7.847 empregados perderam seus empregos em janeiro. Dourados se manteve na vice-liderança, com demissão de 1.774.

Três Lagoas também ficou entre as cidades onde mais trabalhadores foram demitidos, cerca de mil pessoas. No entanto, a cidade teve o melhor saldo de emprego devido a contratação de 1,4 mil trabalhadores.

Jornal Midiamax