Cotidiano / Emprego & Concurso

INSS autoriza concurso para preenchimento de vagas de perito médico e técnico do seguro social

O Ministério do Planejamento autorizou hoje (19) a realização de concurso público para o preenchimento de 1.875 vagas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A seleção prevê a contratação de 375 peritos médicos previdenciários e 1.500 técnicos do seguro social. A abertura de novas vagas faz parte da reposição dos quadros de 448 agências […]

Arquivo Publicado em 19/10/2011, às 21h04

None

O Ministério do Planejamento autorizou hoje (19) a realização de concurso público para o preenchimento de 1.875 vagas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A seleção prevê a contratação de 375 peritos médicos previdenciários e 1.500 técnicos do seguro social.


A abertura de novas vagas faz parte da reposição dos quadros de 448 agências da Previdência com lotação precária. Além disso, as novas contratações vão permitir a estruturação de 69 novas agências e de outras 280 que estão previstas para ser inauguradas até 2012, de acordo com o Plano de Expansão da Rede de Atendimento da Previdência Social (PEX).


A remuneração inicial é R$ 4.192,89 para técnico nível médio e R$ 9.824,53 para perito médico de nível superior. A Portaria 442, que autoriza a realização do concurso, foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira. Com a publicação, o INSS tem três meses de prazo para publicar o edital de abertura do concurso.


Segundo a portaria, as convocações vão ocorrer em 2012. A maior parte das nomeações está prevista para começar em março, quando 1.050 do total de aprovados devem ser chamados. Em julho, devem ocorrer outras 600 convocações. O restante será chamado em outubro e novembro.


A secretária de Gestão do Ministério do Planejamento, Ana Lúcia Amorim, afirmou que a abertura de novas vagas do INSS está entre as prioridades do governo, assim como novos postos para as pastas de Educação e Saúde. “Os novos postos visam a reforçar o atendimento nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social [INSS], reduzir a carência de profissionais nos hospitais e ampliar a atuação das universidades que passam por processo de expansão”, disse.

Jornal Midiamax