Mato Grosso do Sul tem mais de 26 mil contratos inadimplentes do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). A medida permite que os endividados renegociem os valores a partir desta terça-feira (7). Confira como conseguir 99% de desconto no valor consolidado da dívida.

O “Desenrola da Educação” disponibilizará 99% de desconto no total da dívida e 100% de desconto nas taxas e juros das parcelas em atraso. Em coletiva de imprensa, o ministro da educação Camilo Santana explicou que os clientes podem seguir nas agências da Econômica Federal e , bancos que regulam os contratos.

fies
(Fonte: Ministério da Educação/Gov Br)

“Na quarta-feira passada (31) presidente anunciou, sancionou a lei que garante o refinanciamento das dívidas. São mais de 1.240.000 pessoas no Brasil que terão direito. O Desenrola da Educação significa R$ 54 bilhões de dívidas dos brasileiros com seu nome comprometido, com nome sujo, como se diz no Serasa, podendo negociar ou renegociar as dívidas em condições favoráveis, com 100% de desconto em juros e multa e 99% do principal, ou seja, pode pagar 1% da dívida, dependendo da condição que ela esteja”, explica.

A resolução foi publicada no Diário Oficial da União. De acordo com os termos, as vantagens são:

  • Estudantes com débitos vencidos há mais de 90 dias em 30 de junho de 2023, com desconto de até 100% sobre juros e multas pelo atraso e de 12% sobre o valor financiado pendente, para pagamento à vista; ou parcelamento em até 150 parcelas mensais e sucessivas do valor financiado pendente, com desconto de 100% dos encargos, mantidas as demais condições do contrato.
  • Aqueles com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias em 30 de junho de 2023, que estejam inscritos no Cadastro Único ou que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021, com desconto de até 99% do valor consolidado da dívida, inclusive principal, por meio da liquidação integral do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.
  • Endividado com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias em 30 de junho de 2023, que não se enquadrem na hipótese prevista no item anterior, com desconto de até 77% do valor consolidado da dívida, inclusive principal, por meio da liquidação integral do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

Onde negociar

A renegociação deve ser feita na agência onde os estudantes firmou o contrato. Os agentes financeiros deverão encaminhar ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) relatório mensal com as informações e as alterações contratuais referentes à renegociação dos contratos.

O valor da parcela mensal resultante do parcelamento não poderá ser inferior a R$ 200,00, mesmo que implique a redução do prazo máximo das parcelas. Na hipótese de inadimplemento de qualquer obrigação decorrente da renegociação, o financiado e seus fiadores terão seus nomes e CPF(s) incluídos em cadastros restritivos de crédito.

Também é possível fazer uma simulação e conferir o valor da dívida pelo Sifes (Sistema de Financiamento Estudantil).

Quem não deve tem desconto?

Para os estudantes com zero dia de atraso com o Fies desconto de doze por cento do valor consolidado da dívida, inclusive principal, para pagamento à vista.

Saiba Mais