Com último saque na próxima semana, veja o que fazer se ainda não recebeu R$ 1 mil do FGTS

Saque de até R$ 1 mil fica disponível até dezembro para quem já recebeu. Veja o que fazer se ainda não teve depósito
| 09/06/2022
- 08:03
Com último saque na próxima semana, veja o que fazer se ainda não recebeu R$ 1 mil do FGTS
(Foto: Nathalia Alcântara/Midiamax)

O último saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) será disponibilizado na próxima quarta-feira (15) para trabalhadores nascidos em dezembro. O calendário do saque começou em 20 de abril e foi estabelecido de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

A medida foi tomada pelo governo federal em meio a um pacote de estímulos no começo do ano para atenuar os impactos da crise econômica causada por mais de dois anos de pandemia.

Contudo, muitos trabalhadores não conseguiram realizar o saque, ou sequer sabiam da possibilidade e, por isso, não fizeram a solicitação. Mas calma que ainda dá tempo. Mesmo fora do calendário, é possível ter acesso ao dinheiro.

Como é feito o depósito?

O valor do saque é de até R$ 1 mil por trabalhador, considerando a soma dos saldos disponíveis de todas as suas contas do FGTS. O crédito será realizado em Conta Social Digital, aberta automaticamente pela em nome dos trabalhadores. Não estarão disponíveis para saque os valores que estiverem bloqueados na conta do FGTS, como garantia de operações de crédito de antecipação do saque-aniversário, por exemplo.

Após o crédito dos valores, já será possível pagar boletos e contas, utilizar o cartão de débito virtual para pagamento em lojas, sites ou aplicativos, além de fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos pagando com o QR code nas maquininhas, tudo por meio do aplicativo CAIXA Tem.

O valor também poderá ser transferido para outras contas bancárias da Caixa ou de outro banco. O cliente também pode realizar transações por meio do Pix, além de efetuar saque nos terminais de autoatendimento da Caixa e nas casas lotéricas.

Perdi o prazo, o que eu faço?

Existem alguns motivos para o trabalhador não ter tido o dinheiro disponibilizado nas contas. A Caixa alerta que para receber o saque emergencial do FGTS é preciso estar com os dados cadastrais atualizados.

Os trabalhadores que ainda não receberam devem, então, acessar o aplicativo FGTS, complementar os dados cadastrais e solicitar a abertura da conta Poupança Social Digital. O valor e a data do crédito são informados em seguida. A habilitação ao saque emergencial poderá ser realizada até o dia 31 de dezembro.

Caso o crédito dos valores tenha sido feito na Poupança Social Digital do trabalhador e essa conta não seja movimentada até 15 de dezembro de 2022, os recursos serão retornados à conta do FGTS, devidamente corrigidos e sem nenhum prejuízo ao trabalhador.

E se eu não quiser fazer o saque?

O trabalhador também pode indicar que não deseja receber o Saque Extraordinário do FGTS, para que sua conta do FGTS não seja debitada. Nesse caso, ele deverá acessar o Aplicativo FGTS ou se dirigir a uma das agências do banco para informar que não quer receber o crédito.

Veja calendário:

Nascidos em:Recebem a partir de:
Janeiro20/04 (qua)
Fevereiro30/04 (sáb)
Março04/05 (qua)
Abril11/05 (qua)
Maio14/05 (sáb)
Junho18/05 (qua)
Julho21/05 (sáb)
Agosto25/05 (qua)
Setembro28/05 (sáb)
Outubro01/06 (qua)
Novembro08/06 (qua)
Dezembro15/06 (qua)

Canais de atendimento

Estarão disponíveis no app FGTS, no site fgts.caixa.gov.br e nas agências do banco os seguintes serviços sobre o Saque Extraordinário do FGTS:

App FGTS (a partir de 8 de abril) e agências:

  • Consultar o valor a ser creditado;
  • Consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital;
  • Informar que não quer receber o crédito do valor;
  • Solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS;
  • Alteração cadastral para criação de Conta Poupança Social Digital.
    Site fgts.caixa.gov.br (a partir de 8 de abril):
  • Consultar se o trabalhador tem direito ao Saque Extraordinário do FGTS;
  • Consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital.

Veja também

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 9,4% em abril deste ano, o menor...

Últimas notícias